Coletiva 300x193 - Balanço da enchente aponta cerca de duas mil famílias atingidas
Da esquerda para a direita: Prefeito Paulo Tocantins, Capitão Marcelo e Coronel Pinheiro – Defesa Civil, e Engenheiro Jorge Bittencourt, Secretário Regional de Governo no Sudeste do Pará – Imagem: Célia Santos

A enxurrada que devastou a cidade de Paragominas na madrugada da última quinta-feira (12) deixou prejuízos ainda incalculáveis.

Os principais monumentos turísticos da cidade ficaram destruídos pelo enorme volume de água que arrastou a tudo que encontrou pela frente.

Em entrevista coletiva o Capitão Marcelo e o Coronel Pinheiro da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil Estadual, Secretário Regional de Governo no Sudeste do Pará – Jorge Bittencourt, acompanhados pelo Prefeito Paulo Tocantins, fizeram um balanço da catástrofe que se abateu sobre a cidade.

O evento foi classificado como desastre natural de nível 2 ocasionado pelas fortes chuvas.

15 bairros foram afetados e 7.248 pessoas em 1933 famílias foram atingidas e 52 ficaram desabrigas.

Apesar dos boatos de mortes e desaparecimentos, foram confirmados dois óbitos, de duas crianças, em consequência da enchente.

Os dados foram apresentados pelo Capitão Marcelo.

O primeiro momento era de atendimento emergencial e assistência às famílias. O segundo foi para o restabelecimento dessas famílias. O terceiro momento é o da reconstrução.

Os bairros atingidos foram:

  • Angelim
  • Cidade Nova
  • Camboatam
  • Jaderlândia
  • Laérico Cabeline II
  • Morada Verde
  • Novo Horizonte
  • Ouro Preto
  • Promissão I, II e II
  • Uraim
  • Sidney Rosa
  • Sidilândia I e II

 ‘Se não 100%, um número bem próximo disso, já foram cadastrados, mapeados e atendidos. Agora é a terceira fase; a fase da reconstrução. Algumas das famílias precisam ainda ser remanejadas. Estão em áreas de risco e suas residências oferecem riscos inclusive de desabamento. Então há uma necessidade de realocação dessas pessoas’. Disse o Prefeito.

Os desabrigados estão alojados no ‘Sítio do Padre’ e na quadra de esportes da Escola Maria da Silva Nunes.

A forma de atendimento a cada uma dessas famílias será determinada através do levantamento feito nas áreas atingidas.

O Secretário Jorge Bittencourt explicou que o Governo do Estado está dando total apoio à Prefeitura de Paragominas desde o início. As famílias estão sendo cadastradas pela COHAB (Companhia de Habitação do Pará) para recebimento do Cheque Moradia e aquelas que estejam impossibilitadas de se manter poderão receber o benefício eventual de um salário mínimo por três meses.

Por Célia Santos – Jornalista – DRT 2988/PA para www.jorgequadros.com.br.

1 COMENTÁRIO

  1. Queremos saber se o governo já liberou alguma verba, para os empresários de todas as classes do empreendedor ao grande, que teve seu negócio totalmente ou quase tudo destruído, toda cidade sebe quem é o dono(a) das barragens e se vai punidos ou não, além de cobrir o prejuízo do prejudicados

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here