Protesto é organizado pela Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho no estado

A Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 8ª Região- AMATRA 8, realiza hoje (21), a partir das 9h30, um Ato Público em Defesa da Justiça do Trabalho e dos Direitos Sociais. A manifestação vai ocorrer em frente ao prédio sede do TRT-PA, na Travessa Dom Pedro I, no bairro do Umarizal, em Belém.

A manifestação tem como motivação as declarações do governo federal de que estava em estudo a extinção da Justiça do Trabalho e que sua competência passaria para à Justiça Comum Estadual.

Especialistas apontam que essa possibilidade de extinção poderá implicar em sérios prejuízos para o Estado Democrático de Direito, já que ao longo de seus mais de setenta anos a Justiça Trabalhista tem contribuído para o equilíbrio da sociedade, auxiliando na eliminação das piores formas de exploração do trabalho humano e da concorrência desleal, arrecadando inúmeros valores para a Previdência social, ajudando a eliminar seu déficit, etc.

“A Justiça do Trabalho presta serviço aos cidadãos brasileiros há mais de sete décadas, de forma eficiente e célere, conseguindo contribuir para a paz social através da conciliação entre capital e trabalho”, destacou o presidente da AMATRA 8, juiz Pedro Tourinho Tupinambá.

Um Ato Público nacional será realizado em Brasília no dia 5 de fevereiro e, até lá, as entidades regionais realizarão seus próprios movimentos. O ato do dia 21 de janeiro é o primeiro realizado pela AMATRA 8 neste ano.

A expectativa é de que o evento conte com a participação de centenas de pessoas. A mobilização é aberta ao público em geral, com a finalidade de demonstrar a importância da Justiça do Trabalho e de sua manutenção.

Portal Roma News

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here