xmister m.jpg.pagespeed.ic.upfXhhgamq - Brasileiro cria 'vaquinha' para ajudar Mister M em luta contra câncer terminalAmigo do Mister M criou financiamento coletivo para ajudá-lo Foto: Caterse/Reprodução

O mágico americano Mister M, que fez muito sucesso no Brasil nos anos 1990, luta contra um câncer — em estágio terminal, segundo os médicos responsáveis por ele. Para ajudá-lo no tratamento e arcar com os custos de uma cara cirurgia, um amigo brasileiro criou uma campanha de financiamento coletivo no site Catarse que, em dois dias, arrecadou R$ 3.125. A meta é atingir R$ 45 mil.

A verdadeira identidade do ilusionista, famoso por inovações mágicas em programas de televisão, é Val Valentino. Agora, o ícone internacional, de 61 anos, precisa de vários cuidados radicais e agressivos.

De acordo com Fernando Mauro Trezza, coordenador da campanha, a família do mágico ficou em choque com a notícia da doença. Os custos para lutar contra o câncer são caros e já comprometeram boa parte das economias realizadas durante a carreira dele.

“Ele permanece firme se submetendo ao tratamento e consciente de que há esperança para a cura”, escreveu Trezza, presidente da TV Guarulhos, no site do crowdfunding.

O objetivo, segundo o amigo do mágico, é promover uma ajuda financeira, “possibilitando ao Val Valentino receber os cuidados especializados”.

“A fase atual é de tratamento pré-cirúrgico. Este é o momento mais crítico do processo, porque é importante que ele seja preparado para as cirurgias em tempo hábil”, explicou.

Ao programa Balanço Geral, da Record, Mister M contou que, ao descobrir a doença, há dois anos, o médico lhe deu apenas um ano de expectativa de vida. O mágico, porém, não quis fazer quimioterapia e radioterapia “por causa dos efeitos colaterais, que eram terríveis”.

“Um ano depois do diagnóstico, eu continuava vivo e isso foi incrível. O urologista que descobriu me disse que eu tinha menos de um ano e que eu teria que ser operado, ou estaria morto”, afirmou.

Ele também agradeceu o apoio dos brasileiros e demonstrou seu carinho pelo país: “Eu amo todos vocês. O Brasil é a minha casa e seria o lugar onde eu viveria se não morasse nos Estados Unidos”.

O mágico tem três filhos e tornou-se avô, pouco antes de sentir os primeiros sintomas e procurar um profissional da saúde.

Val Valentino contou ainda que, há cinco anos, não está em condições de trabalhar.

“Prestes a entrar em uma dívida volumosa, reforçamos a necessidade de oferecermos por meio dessa campanha um conforto maior ao Val Valentino, a fim de aliviar o fardo dessa doença”, afirmou o amigo do ilusionista.

O mágico assinou uma carta, mostrada no site do financiamento coletivo, em que confirma que o amigo está contribuindo para arcar com sua cirurgia.

(Jornal Extra)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here