Diversos comerciantes estiveram reunidos na manhã de ontem (07), no plenário da câmara, com o prefeito, secretários e vereadores, para reivindicarem melhorias estruturais na área do comércio que recentemente sofreu uma ação conjunta de fiscalização por parte de órgãos da prefeitura (vigilância sanitária, urbanismo e tributos). Eles querem fazer valer os tributos que como contribuintes são obrigados a pagar.
WhatsApp Image 2019 02 08 at 12.32.27 2 1 1024x768 - Comerciantes se reúnem com poder público para reivindicar melhorias na região do comércio
André Carvalho fala às autoridades
André Carvalho, proprietário de uma loja na região do mercado municipal afirma que os fiscais foram muito incisivos em suas abordagens. Ele se queixa que os impostos municipais receberam um reajuste “estratosférico” no último ano, mas o próprio município não oferece a sua contrapartida com uma estrutura adequada. Segundo ele, o mercado possui uma série de problemas quanto à sinalização das suas ruas, falta de segurança e alagamentos constantes que resultam na perda das mercadorias.
Uma das ações tomadas pelo poder público foi a demarcação das calçadas, que atualmente ficam obstruídas por mercadorias. Obedecendo à legislação, a SEMUR limitou com uma faixa o espaço que pode ser utilizado pelos comerciantes e reservou um espaço para os pedestres, para que assim, todos saiam satisfeitos. Acontece que nas ruas internas do mercado não há trânsito de veículos, é podem ser utilizadas com segurança pelos pedestres, por isso, as mercadorias estariam ali. No entanto, o hábito de ocupar as calçadas se estendeu às ruas externas do mercado, onde o fluxo é intenso, deixando os consumidores sem o espaço que a ele é destinado.
IMG 20190131 WA0040 1024x211 - Comerciantes se reúnem com poder público para reivindicar melhorias na região do comércio
Publicidade
Para a gestão, uma tarefa das mais corriqueiras é a de tentar conciliar os interesses para que não haja abuso de nenhuma parte. Sendo assim, o prefeito assumiu alguns compromissos com os comerciantes. Ficou decidido que as ruas internas podem continuar como estão, já que a disposição de mercadorias nas calçadas não afetará a segurança dos consumidores. Já na área externa, o prazo de adequação se estendeu até agosto. O prefeito se comprometeu ainda em realizar uma licitação em breve para a reforma do mercado, solucionando os problemas estruturais que geram, entre outras coisas, os alagamentos.
20190207 114343 1024x768 - Comerciantes se reúnem com poder público para reivindicar melhorias na região do comércio
Maria Margarete – Comerciante
Quanto à segurança pública, a competência é do estado, e quem se expressou sobre o assunto foi o   Sub Comandante do Comando de Policiamento Regional VI – Tenente Coronel Glauco. Os comerciantes queriam um posto policial na área, no entanto, segundo o sub comandante, esse mecanismo não é o mais efetivo na solução do problema, para isso acontecem as rondas do Tático. Ele afirma, no entanto, que o serviço não pode ser intensificado devido às limitações materiais e humanas da polícia.
Por Jorginho Quadros

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here