Sem título 27 300x168 - Curtíssimas do Jorge Quadros, Domingo (22)
Foto: Internet (MPPA)

RESPONSABILIZAÇÃO

O Promotor Público Dr. Carlos Lamarck convoca entrevista coletiva para falar sobre a responsabilização da enchente que causou prejuízos à centenas de famílias em Paragominas. Será nesta segunda-feira (23), às 15 horas, no prédio do Ministério Público.

MP

No dia 13 de abril, em matéria publicada no site do Ministério Público o assunto foi exatamente esse: “O Ministério Público do Estado (MPPA) por meio dos Promotores de Justiça de Paragominas, Reginaldo César Lima Álvares e Carlos Lamark Magno Barbosa, instaurou inquérito civil (0001/2018 1º PJP) na quinta-feira (12) para apurar as circunstâncias que levaram ao alagamento de parte da cidade deixando desabrigadas mais de 300 famílias, segundo informações oficiais da prefeitura”. Fonte: MPPA.

MAIS

O inquérito civil visa responsabilizar civil e criminalmente os responsáveis pela construção de pelo menos 5 represas na cidade e também os órgãos que tenham se omitido na fiscalização a fim de prevenir o rompimento das mesmas. Fonte: MPPA.

LEVANTAMENTO

O Ministério Público já conta com uma equipe técnica, disponibilizada imediatamente pelo Procurador-Geral Gilberto Valente Martins, que iniciou nesta sexta-feira (13) um levantamento dos danos causados pelo rompimento das represas. O resultado do relatório técnico irá subsidiar as ações criminais e cíveis dos proprietários das fazendas em que as represas romperam causando o alagamento na cidade. O Ministério Público também já requisitou, em caráter de urgência, ao Instituto Médico Legal a realização de perícia nas fazendas a fim de subsidiar as ações. A apuração envolverá tanto a conduta dos fazendeiros quanto a eventual omissão dos órgãos com atribuição para fiscalizar essas construções. Fonte: MPPA.

ENTREVISTA

Em entrevista à imprensa local, o Promotor Dr. Reginaldo César foi bastante enfático em afirmar que todos os envolvidos serão responsabilizados pela situação criada, desde que devidamente comprovados. Até hoje as famílias vitimadas passam por situação de penúria e o tempo para que tudo seja restabelecido é muito grande.

SENADOR

Foi confirmado na noite desta sexta-feira (20), na Câmara de Vereadores de Belém, o lançamento da pré-candidatura de Sidney Rosa (PSB) ao Senado Federal. A notícia causou um ‘frisson’ nos meios políticos estaduais e, principalmente em Paragominas onde Sidney foi prefeito por oito anos.

PÊSAMES

A morte do professor Wilson Pires, na noite de sexta-feira (20) pela Polícia Militar no município de São Miguel do Guamá acende de vez a luz vermelha da falta de segurança pública no Pará. A própria polícia anda amedrontada pelos altos índices de policiais mortos no Estado ao mesmo tempo em que a sociedade paraense se sente acuada sem saber realmente quem defende e quem ataca.

SOLIDARIEDADE

O CTB-PA – Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil EMITIU Nota de Solidariedade pela morte do professor Wilson Pires, fato ocorrido na noite de sexta-feira (20) quando foi confundido por assaltante. Diz o trecho da nota: “Exigimos a apuração rigorosa e responsabilizamos o Governador Simão Jatene pelo assassinato do Professor, pois as informações que chegam são de que as motos utilizadas pela PM não possuem equipamentos luminosos, o Giroflex, que inclusive é obrigatório; e isso pode ter influenciado na não identificação dos policiais por Wilson, já que era noite”.

MEDO

Moradores da Caip dizem que: “É Necessário melhorar o policiamento na zona rural de Paragominas ou então liberem as pessoas de bem a usarem armas para se protegerem, já que o poder público não dá conta do serviço. Guarnição da Caip é insuficiente pra cobrir Caip e Paragonorte”. Concordo!

ASSALTO

Na tarde desta sexta-feira (20) alguns professores do sistema modular foram assaltados na estrada da Maritaca. Dentre eles os professores Joelmir e Salatiel. A reclamação é geral. Nesta estrada já houve até tiroteio entre bandidos e pessoas que são obrigados a trafegarem por esta estrada semanalmente.

FURTO

Os amigos do alheio, larápios, filhos do capeta continuam roubando e furtando na ‘cuia grande’ em Paragominas. Na quinta-feira (19), por volta das 22 horas, foi tomada de assalto uma motocicleta NXR 160 Bros de cor preta e ano 2017, de placa QEX 9432. O assaltante foi preso mas a moto não foi encontrada. O proprietário está oferecendo R$ 2 mil em dinheiro se alguém disse onde a moto se encontra.

ESQUECE

Se tem uma visita que muita gente política e agentes públicos querem esquecer foi quando Paragominas recebeu o senador Aécio Neves. Com toda a pompa, entrevista coletiva e paparicos, Aécio despontava naquela época como um nome forte à presidência da República. Tudo virou pó! É melhor esquecer.

CULPADO

Aliás, fico vendo amigos e chegados que colocaram adesivos em seus veículos, vestiram camisetas e postaram em redes sociais a seguinte frase: ‘Eu não tenho culpa, votei no Aécio”. Que arrependimento heim?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here