ampep 300x180 - Curtíssimas do Jorge Quadros, sábado (18)
A Associação do Ministério Público do Estado do Pará publicou em seu site uma Nota de Desagravo em favor do Promotor de Justiça lotado em Paragominas sobre um episódio que se tornou público no decorrer desta semana. Leia na íntegra a nota, no último tópico desta coluna.

ATAQUES

Incrível como alguns candidatos à deputado estadual utilizam as redes sociais não apenas para fazer suas campanhas políticas, mas para atacar verbalmente eleitores que não comungam com suas ideologias. Se continuarem assim, o tiro vai sair pela culatra literalmente.

TAMBÉM

Tem candidatos que acham que somente as redes sociais vão elegê-lo e não arredam o pé diante do seu computador ou do seu celular. Muitos deles sequer sabem o que pensam os eleitores porque não ‘tem tempo’ de fazerem visitas ‘in loco’.

DISCUSSÃO

Outra situação que nos causa preocupação é com relação a alguns grupos de WhatsApp de pessoas de Paragominas que discutem o ‘dia inteiro que Deus dá’ assuntos de outros municípios e não se preocupam em nenhum momento com as coisas que estão acontecendo debaixo dos nossos narizes.

RODEIO

A Cia. de Rodeio Ítalo Todde está mostrando em Paragominas, o que faz em todo o Pará com muito profissionalismo: O rodeio em touros. Um evento que é visto por milhares de pessoas e que demonstra a coragem e o esforço físico dos ‘peões’. Em Paragominas, especialmente, o rodeio é o mais visitado todos os anos e as arquibancadas lotadas traduzem o sucesso do evento narrado com muita alegria pelos locutores Avaí da Silva e Roberto Groto, este último, um dos maiores ‘berranteiros’ do Brasil.

BIRO-BIRO

Tudo pronto para a IV Copa Wilson Biro-Biro de FutebolMaster (Quarentão), organizada pela diretoria do Olímpico (Leia-se Coque) com o apoio do empresário Sandro, da Loja Sandro Auto Peças, Prefeitura de Paragominas e Secult.

CAMPEONATO

Acontece neste domingo (19) a grande final do 4º Campeonato de Futebol Laércio Cabeline entre os times Serel x Palmeirinha. O jogo será no campo do bairro Laércio Cabeline e o campeão estará classificado para participar do Campeonato Municipal da Primeira Divisão promovido pela Liga Esportiva de Paragominas, presidida atualmente por Cláudio Santos.

CELEUMA

Um imbróglio foi criado esta semana com a transferência de presos para o recém inaugurado complexo penitenciário que também é conhecido por Centro de Recuperação Regional de Paragominas envolvendo o Promotor de Justiça Dr. Lamarck e um coronel da Polícia Militar, com áudio veiculado nas redes sociais por um diretor do Sindicato dos Produtores Rurais e vídeo do deputado federal Éder Mauro e que culminou com uma Nota de Desagravo e Esclarecimento da Associação do Ministério Público do Estado do Pará (Ampep).

Veja a NOTA na íntegra:

Nota de Desagravo – PJ Carlos Lamarck

Data: 17/08/2018

NOTA DE DESAGRAVO E ESCLARECIMENTO

A Associação do Ministério Público do Estado do Pará (Ampep) vem a público desagravar o associado Carlos Lamarck Magno Barbosa, promotor de justiça de Paragominas. Foi divulgado por meio das redes sociais um vídeo feito pelo deputado federal Éder Mauro, fazendo acusações inverídicas e baseadas num áudio gravado pelo vice-presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Paragominas (SPRP), Chicão Caruso. Com o objetivo de elucidar os fatos, a Ampep presta os seguintes esclarecimentos:

– O papel do Ministério Público neste caso é apurar se houve alguma irregularidade que esteja relacionada à atuação dos policiais durante a rebelião. O controle externo da atividade policial foi designado ao Ministério Público desde a Constituição Federal de 1988.

– Cabe frisar que quando o membro ministerial foi ao presídio citado, os detentos já estavam há dois dias machucados e não haviam recebido nenhum tipo de atendimento médico, nem mesmo da enfermaria do local. Está sob análise a ocorrência de tortura. O delegado responsável pelo caso instaurou inquérito e não efetuou flagrante.

– A informação de que foi dada voz de prisão não é verdadeira. O associado atuará para fiscalizar o ocorrido e garantir o direito de todos os envolvidos.

A Ampep reafirma ainda o seu compromisso em defender as prerrogativas dos membros do Ministério Público e repelir quaisquer interferências ou iniciativas difamatórias a seus associados. Os membros ministeriais pautam seus atos em normas e leis, agindo sempre em prol da sociedade de um modo geral. Por fim, esta entidade classista informa que está prestando total apoio ao associado, inclusive garantindo medidas judiciais, caso se façam necessárias.

A Diretoria

…………

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here