24620459 300x197 - Curtíssimas do Jorge Quadros, sexta-feira (05)
Justiça Eleitoral apresenta novidades para as eleições deste domingo: O e-Título. O e-Título, aplicativo móvel para obtenção da via digital do título de eleitor, permitirá ao eleitor o acesso rápido e fácil às suas informações junto à Justiça Eleitoral, tais como: acesso à via digital desse documento, consultar o número do título e local de votação, emitir certidão de quitação eleitoral e emitir certidão de crimes eleitorais.

FINALMENTE

Durante todos estes últimos 45 dias e, principalmente nos últimos 15 dias, as manifestações de apoio aos candidatos à presidência da República tiveram espetáculos dos mais diversos e, de certa forma, até ofuscaram as campanhas eleitorais estaduais. Nunca antes havia acontecido algo igual em campanhas eleitorais e os especialistas dizem que tudo isso se deve às redes sociais e às facilidades que os eleitores tem de dizer o que se sentem sem medo de verbalizar suas intenções de voto em quaisquer candidatos.

PESQUISAS

Se as pesquisas tem um papel influente nas decisões eleitorais, desta vez se superaram em foram mais rápidas nas divulgações utilizando mecanismos online para chegar aos mais distantes lugares do País. As mudanças no cenário político nacional mostra que o povo brasileiro está realmente mudando também suas concepções e mais antenado com o que acontece no dia-a-dia.

ELEITORAL

Baseado nisso, a Justiça Eleitoral também criou mecanismos de apoio ao eleitor, mas sempre utilizando as prerrogativas da lei, impedindo que candidatos ultrapassassem os limites das campanhas e observando de perto, aliás, muito perto, o desenvolvimento de cada um. Uma das novidades é o E-Título que pode ser baixado através do “Play Store” e o eleitor não precisará mais levar o documento para apresentação aos mesários. No entanto, é preciso prevenir…Não deixar o celular sem carga na bateria na hora da apresentação.

ORDEM

Segundo os especialistas, se as eleições anteriores foram rápidas, o mesmo deve se repetir este ano. Talvez um ou outro eleitor tenha complicações na ordem de votação, que este ano teve uma mudança: O primeiro voto será par deputado federal (4 dígitos), deputado estadual (5 dígitos), 1º Senador (3 dígitos), 2º Senador (3 dígitos), governador (2 dígitos) e presidente (2 dígitos).

ESCLARECENDO

Se um eleitor votar apenas para o primeiro cargo e ‘abandonar’ a sessão, o sistema da urna irá anular os demais votos aos quais esse eleitor teria direito.

HYDRO

O Ministério Público do Trabalho (MPT) vai notificar os administradores da mineradora norueguesa Hydro Alunorte para que forneçam explicações sobre a suspensão das operações da refinaria de alumina que a empresa mantém em Barcarena (PA) e de sua mina de bauxita, em Paragominas (PA). O governo paraense também cobrou da companhia um posicionamento formal sobre a paralisação das atividades.

SENADOR

O candidato ao Senado da República Sidney Rosa continua crescendo muito nos últimos dias que antecedem às eleições. A equipe de trabalho do deputado estadual pelo PSB está otimista, principalmente porque grande parte do eleitorado paraense diz que quer votar em candidato ficha limpa apesar das pesquisas ainda apontarem nomes com problemas na justiça, em primeiro lugar.

ENTENDE?

Se você amigo leitor e eleitor entende, eu juro que não consigo entender como a maioria dos eleitores brasileiros e paraenses dizem aos quatro ventos que querem votar num presidente ficha limpa, que prima pela família e pela moralidade e quando o assunto e no estado, se manifestam em quem tem nome relacionado com a Lava Jato, com a justiça comum e com a Justiça Eleitoral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here