image - Escola básica de Tóquio vai adotar uniformes da marca Armani

Escola quer novos uniformes da Armani a partir do próximo ano letivo, que começa em abril  REUTERS/LEONHARD FOEGER

Pais foram surpreendidos pelos planos da direção da escola. Novos uniformes da Armani vão ser exigidos aos novos alunos e custar cerca de 600 euros cada um

Os pais dos alunos de uma escola básica em Tóquio, numa área conhecida pelas lojas de marcas de luxo – o distrito de Ginza – foram surpreendidos pelo plano da escola para adotar uniformes desenhados pela marca italiana Giorgio Armani para os alunos.

A escola básica de Taimei vai introduzir os uniformes quando começar o novo ano letivo, em abril. Cada um custa mais de 80 mil ienes – cerca de 600 euros -, o triplo do preço dos atuais uniformes pedidos pelo estabelecimento escolar, informou o Huffington Post, citado pela Reuters.

A sede japonesa da Armani fica no distrito de Ginza, a cerca de 200 metros da escola. “Fiquei surpreendida e perguntei-me porque teriam escolhido uniformes de uma marca de luxo para uma escola básica”, disse ao Huffington Post uma mãe que não quis ser identificada. “Preocupa-me que as crianças fiquem com a noção errada de que o que é caro é bom e que algo mais barato é mau”, explicou a progenitora, cujo filho vai começar as aulas na escola em abril.

Numa carta endereçada aos pais no passado mês de novembro, o diretor do estabelecimento de ensino, Toshitsugu Wada, defendia que Taimei era um marco em Ginza e que a decisão de adotar uniformes Armani tinha como objetivo criar um ambiente aceitável numa escola daquele nível.

À Reuters, os responsáveis do estabelecimento não quiseram fazer comentários, mas Wada divulgou uma nota no site da escola, prometendo mais explicações sobre os novos uniformes. “Com humildade, aceito o criticismo de que a minha explicação foi insuficiente e fora de tempo. Irei dar explicações mais aprofundadas àqueles a quem dizem respeito”, informou.

(DN)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here