thumb 1 1 300x129 - FGTS está liberado para os atingidos na enchente do dia 12
IMAGEM ILUSTRATIVA

A Prefeitura de Paragominas, através da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), continua com os trabalhos em prol de prestar ajuda às famílias atingidas na enchente do dia 12 de abril de 2018. O Prefeito Paulo Tocantins deu entrada no pedido de liberação do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) junto à Caixa Econômica Federal, a fim de garantir que esta verba possa ser diponibilizada para auxiliar os que sofreram algum dano com o ocorrido.
“Entramos com este pedido para a Caixa liberar o FGTS exclusivamente para as pessoas que tiveram algum prejuízo após a enchente, para que assim este fundo também venha com o intuito de ajudar na reconstrução da vida de cada pessoa, bem como outros benefícios que estamos trabalhando para entregar aos atingidos, como CredCidadão, Benefício Eventual, Aluguel Social, etc”, disse o Prefeito.
A liberação já está disponível para as famílias que foram atingidas e que foram cadastradas junto à Semas na época do ocorrido. Essas pessoas poderão fazer a retirada até o dia 16 do mês vigente na agência da Caixa localizada no Centro de Paragominas, a partir das 14h. Outro critério também proposto pelo banco é que apenas as pessoas que possuem saldo nas contas do FGTS poderão fazer a retirada da verba.

Neste primeiro momento o FGTS está liberado para as famílias cadastradas dos seguntes bairros: Angelim, Promissão I, II e III, Novo Horizonte, Morada Verde, Nova Esperança, JK, Sidilândia I e II, Sidney Rosa, Uraim II, Laercio Cabeline I e II e Jaderlândia.

Os documentos necessários para liberação incluem:
– Identidade, CPF, CNH válida, com cópia e originais;
– Carteira de trabalho, apenas a original;
– Comprovante de residência emitido entre 13/12/2017 à 11/04/2017, onde conste endereço em área atingida (no nome do titular do FGTS ou dos pais ou cônjuge + certidão de casamento).
Em caso de situações não enquadradas nos critérios, o cidadão deverá ser receber orientação com atendentes da Caixa.

ASCOM/PMP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here