Os documentos incluem os detalhes de um plano para assassinar Kim Jong-un, segundo um parlamentar sul-coreano

1507641770 450353 1507646345 noticia normal - ‘Hackers’ norte-coreanos roubam da Coreia do Sul os planos de uma eventual guerra
Foto do líder norte-coreano, Kim Jong Un, com sua irmã Kim Yo Jong, datada de 2015. AP

Os piratas informáticos da Coreia do Norte, aos quais foram atribuídas operações bem diversas, como o ataque WannaCry, que sequestrou 300.000 computadores em 170 países em maio, ou o hackeamento da multinacional Sony em 2014, atacaram de novo. E conseguiram um valioso botim: centenas de documentos secretos do Ministério da Defesa da Coreia do Sul, incluindo um plano para assassinar o líder supremo do Norte, Kim Jong-un, e detalhes de projetos de operações conjuntas com os Estados Unidos, o grande aliado militar de Seul, em caso de guerra com Pyongyang.

Foi o que comentou o parlamentar Rhee Cheol-hee, do Partido Democrata no Governo sul-coreano, citado pelo jornal Chosun Ilbo. De acordo com Rhee, membro da comissão de defesa do Parlamento sul-coreano, os hackers conseguiram se apossar de 239 gigas de informação durante sua incursão nos computadores militares do Centro de Dados Integrados da Defesa, ocorrida em setembro do ano pasado.

(El País)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here