Motoristas de Belém relatam uma nova modalidade de crime no centro da cidade: carros estacionados estão sendo alvo de furto de combustível. De acordo com as vítimas, os suspeitos cortam a mangueira de abastecimento do veículo para coletar o combustível. Eles também afirmam que vários outros como esse já foram registrados na cidade. A Polícia Civil, no entanto, informou que não tem conhecimento sobre os casos.

Um dos casos aconteceu na rua Arcipreste Manoel Teodoro, no bairro de Batista Campos, em Belém, no último sábado (29). Um homem estacionou o carro e quando foi sair percebeu que o tanque do veículo estava pela metade. Quando ele foi ao mecânico, descobriu que a mangueira que liga o tanque ao motor estava cortada.

“Achei que fosse um problema no ponteiro. Algum problema elétrico. Não pensei em gasolina roubada. Quando fui abastecer o carro no dia seguinte, percebi que o combustível estava vazando. Levei o carro na concessionária e percebi que a mangueira estava cortada. O corte era profundo. A pessoa que fez isso estava preparada para cortar a mangueira de combustível”, afirma David Alves. “Quando acionei o gincho, a seguradora informou que o meu caso foi o terceiro apenas esta semana”, relata.

Próximo ao local de onde aconteceu o furto, também na rua Arcipreste, uma mulher foi vítima do golpe. Ela conta que tinha estacionado o carro, com o tanque cheio, em frente ao local onde trabalha. Quando foi sair, percebeu que o veículo estava com apenas metade do tanque cheio.

“Liguei para concessionária e fiz uma revisão. Eles falaram que a mangueira de combustível estava cortada. Registrei um Boletim de Ocorrência na delegacia. No dia seguinte, comentei na empresa sobre o caso e muitas pessoas falaram que tinham passado por algo parecido”, afirmou a jornalista Renata Biondi.

A Polícia Civil informou que até o momento não tem conhecimento dos fatos citados na reportagem. O órgão orienta que as pessoas prejudicadas por ações criminosas como essas que procurem as delegacias mais próximas para registrar Boletim de Ocorrência para que providências legais sejam adotadas para apurar os fatos. Em caso de emergência, o telefone 190 do Ciop (Centro Integrado de Operações) pode ser acionado. Outro telefone é o 181 (Disque Denúncia) para denunciar criminosos envolvidos nesses crimes ou prestar informações que ajudem a esclarecer esses fatos criminosos.

g1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here