Ex-ministro é testemunha de acusação em ação penal contra o ex-presidente da República

De acordo com Palocci, Luis Cláudio foi até sua empresa de consultoria e pediu ajuda para o projeto de esportes. Palocci disse, na ocasião, que não poderia ajudá-lo, pois tinha uma viagem ao exterior. No entanto, o ex-ministro disse que informou a Lula sobre a solicitação feita pelo filho e perguntou o motivo da busca de apoio.

O ex-presidente, disse, de acordo com Palocci, que ele não precisava se preocupar, pois já tinha conseguido recursos para o projeto do filho, e que não sabia do esquema. Mas isso já tinha ocorrido no processo da criação da Medida Provisória anterior.

Antônio Palocci é testemunha de acusação na ação penal em que Lula e Gilberto Carvalho são acusados de aceitar propina de R$ 6 milhões de lobistas para conceder benefícios fiscais a montadoras.

No começo da audiência, o advogado de Lula, Cristiano Zanin Martins, pediu ao juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal de Brasília, para que o depoimento fosse suspenso. Ele alegou que Palocci é delator, e por isso tentaria obter vantagem durante o depoimento.3POR DA

REDAÇÃO / Portal Roma News – Com informações do Correio Braziliense

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here