Paragominas – Notícias de Última Hora

23/11/2010 19:08Nenhum comentáriovisualizações: 306
REFÉNS DOS ÍNDIOS
 ** Polícias Militar e Civil de Paragominas se dirigiram na madrugada de hoje para uma reserva indígena onde, supostamente, dois madeireiros estavam sendo mantidos reféns, por estarem retirando madeira da área. Não temos ainda maiores informações sobre o episódio. Mas a notícia é verdadeira e veio de uma fonte fidedigna. Ainda hoje os policiais devem estar retornando desta aldeia com outras novidades.

SUMIDOS
 ** Dois rapazes foram detidos pela Polícia Militar em Tailândia por porte ilegal de armas, no dia 5 de outubro. Lielson Tavares, 20 anos e Ozielson Tavares, 24, desde então, não foram mais vistos. O pai de Elielson se dirigiu à Polícia, que não soube informar o paradeiro do jovem. Se alguém souber do paradeiros dos jovens favor informar para 181.

ATROPELADA
** A criança que foi atropelada ontem à noite na Rua Presidente Costa e Silva, no centro de Paragominas, foi transferida para Belém com algumas fraturas. Mas segundo pessoas ligadas à família, seu estado de saúde é estável. Letícia, de apenas seis anos, saiu de trás de um veículo e foi abalroada por um outro veículo que passava pelo local, cujo condutor não teve como evitar o acidente.

DITADOR
** Este foi o termo usado pelo vereador Robertinho Nagibão na sessão da Câmara Municipal de Paragominas na manhã de hoje, quando se referiu ao prefeito Adnan Demachki. Segundo o vereador, que está muito magoado, o prefeito é perseguidor, vingativo e ainda por cima “foi cantar de galo no Nagibão” inaugurando obras do governo federal.

DITADOR II
** O vereador criou um blog na internet especialmente para reclamar da atitude do prefeito Adnan que foi ao Nagibão, inaugurou obras e não citou o seu nome e muito menos do empresário Serjão, que doou as áreas para a construção da Escola e do Posto de Saúde. O parlamentar também tirou milhares de cópias de um artigo escrito por ele, desabafando sua indignação, e distribuiu na cidade e no seu bairro.

MAIS UM
** O vereador Pixilinga, que representa a Comunidade da CAIP também não está de bôa com o prefeito. Utilizou a tribuna da Casa para dizer que: “Tomara que os outros vereadores não passem pelo que o vereador Robertinho está passando, pois eu já estou nesta situação há dois anos”. Disse ainda que o povo da Caip não queria apenas um show com o Pinduca (Show que nem aconteceu por causa da falta de energia), como presente de aniversário da comunidade, queria era asfalto, educação, saúde e respeito, acima de tudo.

CAVALGADA
** No final de semana a vereadora Denise Gabriel participou de uma grande cavalgada numa comunidade rural com o intuito de arrecadar fundos para uma igreja. Segundo fiquei sabendo a grana arrecadada chegou aos 10 mil reais. Ainda esta semana matéria completa sobre o assunto.

FATEP
** A Faculdade de Teologia do Estado do Pará, conseguiu junto à Câmara Municipal, com interferência de alguns parlamentares uma área localizada no bairro Flamboyant para a construção da Faculdade na terra de Célio Miranda. Como uma cessão de área, precisa de aprovação da Câmara, a instituição já conseguiu um grande passo que foi a aprovação do projeto em primeiro turno. Na próxima terça acontecerá a segunda votação e o projeto segue para a sanção do prefeito.

FATEP II
Por falar nisso, a FATEP deixará de ser Faculdade de Teologia do Estado do Pará e passará a se chamar Faculdade de Tecnologia de Paragominas. Neste caso, a primeira faculdade genuinamente de nossa cidade. Os parlamentares estão, assim, contribuindo sensivelmente para o engrandecimento educacional de Paragominas. É claro que o prefeito Adnan, um dos mais interessados no assunto, vai dar a sua “canetada” de aprovação.

PREJUÍZO
Se fôssemos calcular o prejuízo que a Rede Celpa está dando aos consumidores de Paragominas, o rombo seria exorbitante. Uma energia de péssima qualidade, prêço exorbitante (ninguém ainda conseguiu descobrir porque aqui se paga uma das energias mais caras do Estado) e atendimento da pior espécie. A quem reclamar? Já houve reunião na Câmara de Vereadores, explicações daqui e dali e ninguém toma uma atitude.

PREJUIZO II
Na sexta-feira passada, uma queda de energia provocou danos irreparáveis em dezenas de casas. Geladeiras, freezeres, televisores, centrais de ar, enfim, todos danificados. Para que a Rede Celpa possa restituir o prejuízo é preciso avaliação, análise, processos e etc. e tal.
No Procon de Paragominas o que mais tem é reclamação contra a empresa, mas o que está adiantando?
Precisamos nos unir e fazer imediatamente uma ação civil com milhares de assinaturas. Talvez assim façamos uma “cosquinha” na direção da empresa.

Comentar


Trackbacks