21092018121057 1 300x180 - Por dívidas trabalhistas, Justiça determina leilão da sede do São RaimundoA sede do São Raimundo, localizada na Travessa Silva Jardim equina com a Avenida Plácido de Castro, está, mais uma vez ameaçada de leilão por processos de dívidas trabalhistas. A Segunda Vara do Trabalho de Santarém, no oeste do Pará, publicou um edital levando o patrimônio do clube a um pregão de venda e arrematação, marcado para o dia 2 de outubro, às 10 horas.

Orçada em R$ 11 milhões, a sede já foi ameaçada de leilão outras vezes, mas a diretoria alvinegra conseguiu a suspensão das praças. Neste processo, consta o nome do ex-atacante Vélber, que defendeu o Pantera em 2011, e cobra dívidas trabalhistas.

O GloboEsporte.com entrou em contato com o presidente do São Raimundo, Alexandre Lopes. Ele explicou que além do processo do Vélber, há também o atacante Cléo, que vestiu a camisa alvinegra em 2015. De acordo com Alexandre, o clube entrou em acordo para o parcelamento das dívidas e cumpriu, mas o processo não chegou ao fim, já que o Pantera responde a outros processos trabalhistas que foram adicionado aos autos.

O mandatário alvinegro afirmou que o setor jurídico do clube já foi acionado e está tomando providências para tentar suspender as praças, mas que não pode ainda entrar em detalhes de como isto será feito, juridicamente.

O São Raimundo é, atualmente, o único representante santareno na elite do futebol paraense. Os alvinegros disputarão a primeira divisão estadual em 2019, e fazem parte da chave A2, com Paysandu, Independente Tucuruí, Águia de Marabá e a equipe que conquistar o vice-campeonato da Segundinha.

Fonte: G1/Santarém

Foto:  Weldon Luciano/GloboEsporte.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here