69798 216622 300x200 - Seminário debate inserção de tecnologias de baixo carbono no campo
FOTO: TAMARA SARÉ-ARQUIVO-AG.PARÁ

Nesta terça-feira (13), na Superintendência Federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Pará, em Belém, será realizado, de 9 às 13 horas, um seminário que debaterá a inserção de tecnologias de baixo carbono (técnicas e desenvolvimento) nas políticas públicas voltadas para o desenvolvimento rural sustentável.

O evento integra o Projeto Rural Sustentável (PRS), que no Pará é desenvolvido pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), em propriedades rurais de dez municípios: Medicilândia, Ipixuna do Pará, Dom Eliseu, Rondon do Pará, Paragominas, Tailândia, Tomé-Açu, Marabá, Tucumã e Santana do Araguaia.

Além de instituições parceiras públicas estaduais e federais, o evento terá participação de prefeitos, entidades de classe e membros de universidades. Na ocasião, serão apresentadas as ações e resultados do PRS, bem como as próximas atividades no âmbito do projeto. O PRS premia a produção sustentável e conservação ambiental por meio de um mecanismo que reconhece os resultados apresentados com compromisso do uso sustentável da terra e florestas.

O Projeto Rural Sustentável é resultado de uma cooperação técnica que tem como executor e gestor financeiro o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), por meio do Fundo Internacional para o Clima (International Climate Fund – ICF) do Ministério da Agricultura, da Alimentação, da Pesca e dos Assuntos Rurais do Governo Britânico (Defra), tendo como beneficiário o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil (Mapa), por meio da Secretaria de Mobilidade Social, do Produtor Rural e do Cooperativismo. O Instituto Brasileiro de Desenvolvimento e Sustentabilidade (IABS) é a instituição que realiza a operacionalização das atividades administrativas e logísticas do Projeto Rural Sustentável.

Agência Pará – Por Edna Moura

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here