Serena Williams voltou a mostrar nesta segunda-feira (21) que chegou à temporada 2019 em grande forma e desponta como favorita ao título do Aberto da Austrália. Diante da atual número 1 do mundo, Simona Halep, a heptacampeã do torneio começou arrasadora, viu a rival subir de nível, e precisou jogar muito para chegar à vitória por 2 sets a 1, parciais de 6/1, 4/6 e 6/4, em 1h47, e avançar às quartas de final da competição.

Serena ainda protagonizou uma cena hilária na sua entrada de quadra. Acostumada com os melhores tempos no circuito, a americana se confundiu ao chamarem a “número 1 do mundo” – no caso, Simona Halep – na entrada das jogadoras em quadra e acabou tomando a frente da adversária. Logo em seguida, ela voltou ao túnel, constrangida.

– Foi uma partida muito intensa, com muitos belos pontos. Mas, eu amo o tênis, estar aqui, é muito bom poder voltar a jogar nesta quadra (…) Eu realmente precisei melhorar meu nível, ela é a atual número 1 do mundo e isso tem uma razão. Ela é uma grande jogadora. Eu joguei um pouquinho do que sei que poderia e consegui fazer isso. Acho que fez a diferença. Eu sou uma lutadora, nunca desisto. Trabalho muito por cada ponto – disse Serena.

Maior vencedora do Aberto da Austrália ao lado de Margaret Court com sete títulos, Serena Williams segue em busca do recorde de conquistas em Grand Slams. Com 23 conquistas no total, a americana precisa de mais um para alcançar justamente a australiana e se igualar como a maior vencedora da história nesse tipo de competição. Em 2018, a ex-número 1 do mundo bateu na trave, ficando com o vice em Wimbledon e no US Open.

Nas quartas de final, Serena Williams terá pela frente a tcheca Karolina Pliskova (7ª) como adversária. A americana, que não disputou o Aberto da Austrália em 2018, segue subindo no ranking da WTA e, com sua atual pontuação, já subiria do atual 16º para o 11º lugar. Caso vença mais uma partida, ela garante volta ao top 10.

Finalista do Aberto da Austrália em 2018, Simona Halep fica com a liderança do ranking extremamente ameaçada. A romena perderá o posto de melhor do mundo em casos de vitórias de Naomi Osaka ou Petra Kvitova nas quartas de final do torneio.

 

Fonte: GE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here