O técnico Léo Condé fez experiências e alguns testes buscando a formação ideal do Paysandu para a estreia na Série C do Brasileiro. “A gente testou bastante situações, mas vai chegando nesse momento mais próximo da estreia e é o momento da gente realmente definir a equipe”, explicou. O treinador, porém, não anunciou a formação que deverá entrar em campo na região Sul. Mas, pelos treinos que dirigiu, o Papão, em princípio, deverá manter a base da equipe que disputou o Estadual.

Alguns dos seis novos jogadores contratados deverão ser relacionados pelo técnico, que terá de contar com a inclusão desses atletas no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para tê-los ao menos no banco de reservas, sábado. Ontem, o treinador fez duas modificações na composição titular. Ele sacou, durante a atividade, na Curuzu, o zagueiro Fábio Alemão, que atuava improvisado na lateral-direita, e o meia Thiago Primão, para as entradas de Bruno Oliveira e Uchôa, respectivamente.

TIME DO TREINO

A formação do coletivo teve Mota; Fábio Alemão (Bruno Oliveira), Micael, Victor Oliveira e Bruno Collaço, que volta ao time no lugar de Diego Matos; Willyam, Thiago Primão (Uchôa) e Marcos Antônio; Nicolas, Vinícius Leite e Paulo Henrique.

Hoje à tarde, o time treina no Centro de Treinamento do Corinthians-SP, em São Paulo, e viaja, em seguida, para Erechim, onde haverá um novo treino amanhã à tarde, quando o time bicolor já deverá estar definido do gol ao ataque.

Definição, por enquanto, só na cabeça de Léo

O Paysandu ficou de viajar na madrugada passada para Erechim (RS), com uma parada em São Paulo, com o time praticamente definido para a estreia na Série C do Brasileiro, sábado (27), diante do Ypiranga-RS. Ontem, após ministrar treino para o elenco, o técnico Léo Condé informou que já tem na cabeça quase todo o perfil da equipe que mandará a campo, no Colosso da Lagoa. Indagado sobre a composição do time, o treinador não revelou os 11 jogadores, mas afirmou que o grupo já está quase pronto em sua cabeça.

“Digamos que 90%, 95%, sim, mas sempre fica uma dúvida ou outra, até porque a gente ainda está analisando o adversário, que tem um jogo decisivo hoje pela segunda divisão do Gaúcho”, declarou Condé, se referindo ao duelo entre Ypiranga e União-RS, em partida que poderá carimbar o acesso do adversário bicolor à Primeira Divisão do Gauchão de 2020. “Vou acompanhar essa partida e montar a estratégia para o jogo”, informou. A formação bicolor foi praticamente montada na atividade de ontem ministrada pelo técnico.

DEFINIÇÃO

“Aproveitei a atividade de hoje (ontem) não para cravar, mas para praticamente definir a equipe que vai iniciar a competição”, contou Léo Condé. Sobre o adversário, o comandante comentou: “É um adversário que, em termos de atletas, mudou muito em relação ao ano passado”, comparou. Sobre a Série C, Condé afirmou se tratar de uma disputa “difícil”.

(Nildo Lima/Diário do Pará)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here