678395 300x199 - Bergson: 'A culpa não é do presidente ou do técnico. É nossa, dos jogadores!'Artilheiro voltou a marcar, mas o Paysandu cedeu empate no finalzinho ao Luverdense.

O Papão voltou a decepcionar nesta Série B. A estreia do técnico Marquinhos Santos foi com mais uma decepção nos minutos finais. O Bicola cedeu empate ao Luverdense dentro da Curuzu e a torcida, além de vaias, soltou xingamentos contra o presidente do clube, Sérgio Serra. O atacante Bergson, porém, declarou publicamente que a culpa não é de ninguém, a não ser dos próprios jogadores.

‘Não concordo com esses xingamentos contra o presidente. Ele é o menos culpado de tudo isso que está acontecendo aqui. A culpa não é dele e nem da comissão técnica, mas nossa, dos jogadores. Cabe a nós mudarmos essa história. A cobrança tem que ser em cima dos jogadores’, falou.

banner 2 3 300x207 - Bergson: 'A culpa não é do presidente ou do técnico. É nossa, dos jogadores!'banner 2 3 300x207 - Bergson: 'A culpa não é do presidente ou do técnico. É nossa, dos jogadores!'Em relação à partida, o camisa 30 se mostrou estupefato com o resultado. Quase que monossilábico, o atacante declarou: ‘Fazer o quê? Fizemos o gol no começo, perdemos chances, não conseguimos marcar no segundo tempo e levamos mais um gol no final. Temos que pontuar, tempos que pontuar! A gente espera que o torcedor tenha paciência’.

O Papão voltará a jogar já nesta terça-feira (4), às 19h15, novamente na Curuzu, em Belém. O adversário será o Londrina (PR), mas o obstáculo maior será retomar o rumo das vitórias após a sétima partida sem vencer na competição e acalmar o clima na Curuzu.

(ORM)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here