Neste domingo, 30, a seleção brasileira masculina de vôlei passou pela Itália por 3 sets a 1, de virada, com parciais de 26/28, 25/22, 25/18 e 25/18) na despedida da torcida brasileira, no ginásio Nilson Nelson, em Brasília (DF), contando com cerca de 9.500 pessoas.

Líder do campeonato com 39 pontos, o time verde e amarelo agora terá a próxima semana de treinamentos no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ), e viajará no próximo sábado, 6, para Chicago, nos Estados Unidos, onde será disputada a Fase Final da Liga das Nações.

O Brasil segue na disputa pelo título ao lado de Polônia, Irã, França, Rússia e Estados Unidos, donos da casa. A etapa final será disputada entre os dias 10 e 14 de julho.

O ponteiro Lucarelli foi um dos principais destaques da partida e saiu de quadra como maior pontuador do jogo, com 19 pontos (15 de ataque, dois de bloqueio e dois de saque). O oposto Alan também contribuiu muito com a vitória ao marcar 18 vezes, sendo 14 no ataque, três no bloqueio e um no saque.

Ao sair de quadra, Lucarelli falou sobre o que mudou ao longo da partida e a importância dos torcedores na etapa em casa.

 

“Começamos errando bastante. No primeiro set vacilamos, mas depois conseguimos entender como a Itália estava jogando e onde estávamos errando. Consertamos esses erros a partir do segundo set e o jogo se desenvolveu melhor. Vencer hoje não mudaria a nossa classificação, mas traz confiança que levaremos para a próxima fase e também é importante retribuir a torcida que cumpriu o papel dela”, disse o maior pontuador da partida.

 

O técnico do Brasil, Renan, também deu destaque ao peso da torcida brasileira e o quanto o grupo queria responder dentro de quadra.

“A gente sabia que seria muito difícil pois já estávamos sentindo um certo cansaço. Mesmo depois de termos garantido a classificação, nós treinamos com intensidade e hoje sentimos um pouco isso. Nós nos cobramos isso, queríamos chegar aqui e fazer um bom papel para o público. É nossa obrigação mostrar o que temos de melhor”, garantiu Renan.

O treinador ainda fez questão de elogiar o grupo que comanda. “Fico muito satisfeito com o modo como os atletas se entregaram a cada ponto. Uma vitória assim é muito boa para nós como um time. Falei no vestiário que não poderíamos perder o brilho nos olhos e a vontade de ganhar, e eles foram assim o tempo todo”, concluiu Renan.

Na fase classificatória, o Brasil venceu Estados Unidos, Austrália e Polônia na primeira etapa; bateu Irã, Japão e Argentina na segunda; sofreu seu primeiro resultado negativo, para a Sérvia, e venceu a China e Portugal na terceira; venceu a Bulgária, a Alemanha e a Rússia na quarta e levou a melhor sobre França, Canadá e Itália nesta quinta fase.

 

 

Fonte: Olimpiada Todo Dia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here