Em um período de 24 horas choveram 91 mm em Paragominas. Isso é o que relata o Climatempo publicada no final da tarde desta terça-feira (20):

A chuva não tem dado trégua à maioria das áreas da Região Norte do Brasil. Os temporais frequentes e volumosos já resultaram na elevação do nível de diversos rios, e muitos estão transbordando afetando milhares de famílias. A situação é de alerta para o risco de chuva forte em quase todo o Norte do país.

Nas últimas 24 horas, o acumulado de chuva ficou perto ou passou dos 100 mm em pelo menos três municípios do Pará. Segundo as medições do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), choveu 114,4 mm em Novo Repartimento, 107,2 mm em Salinópolis e 91 mm em Paragominas no período entre às 9 horas de segunda-feira (19) e às 9 horas de terça-feira (20).

Confira abaixo os maiores volumes de chuva registrados no Norte do Brasil neste período:

Chuva não dá trégua ao Norte do Brasil 300x255 - Chuva não dá trégua ao Norte do BrasilChuva provoca cheia nos rios do Acre

A Defesa Civil do Pará contabilidade pelo menos 14 mil pessoas afetadas pelas inundações. Em Marabá, os rios Tocantins e Itacaiúnas transbordaram e famílias estão alojadas em seis abrigos na cidade. Sete municípios do Pará já decretaram situação de emergência : Marabá, Eldorado do Carajás, Cumaru do Norte, Rio Maria, Bannach, Xinguara e Água Azul do Norte.

No Acre , o rio Acre atingiu 14,5 m na última segunda-feira, ultrapassando a cota de transbordamento, que é de 14 metros. As informações são de que alguns bairros já começaram a ser atingidos pelas águas.

Em Rondônia , o rio Madeira permanece na cota de alerta para o risco de transbordamento, de acordo com o Serviço Geológico do Brasil.

(Climatempo)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui