CAPA PODCAST AS CURTÍSSIMAS 300x229 - Curtíssimas do Jorge Quadros, terça-feira (26)

FRAUDES ?

Foi amplamente divulgado neste domingo que muitas ONGs paraenses, que sequer tinham endereço conforme registrado, receberam uma grana alta do Propaz no ano passado. Nem seus representantes legais foram encontrados. O dinheiro, cerca de R$ 6,6 milhçoes foram entregues à órgãos inexistentes, diz a Auditoria Geral do Estado que vai continuar investigando a ‘aplicação’ destes recursos.

ASCARP

Segundo as investigações a Associação dos Carroceiros de Paragominas – ASCARP recebeu R$ 270 mil. Os fiscais não encontraram o endereço registrado pela ONG: Tamandaré, bairro Centro, na cidade de Paragominas. Moradores da área também desconhecem a associação.

QUEM?

Nossa reportagem tentou, também, encontrar esta Associação dos Carroceiros de Paragominas neste final de semana e não conseguiu localizá-la, muito menos saber quem são seus membros. Quem será o presidente? Se alguém souber avise a gente pois gostaríamos de fazer uma entrevista sobre este assunto, afinal, foram R$ 270 mil. Muita grana realmente!

GÁS

Paragominas é o município do Pará que registra o segundo maior preço do gás de cozinha segundo pesquisa do Dieese. Pela média o município comercializou o GLP de 13 quilos ao custo de R$ 91,75. Só perdeu para Xinguara, que comercializou o produto à R$ 92,00. É phoda viu? (A fonte é do G1 PA).

IFPA

Acontecerá de 09 a 11 de dezembro próximos a 1ª Jornada Científica promovida pelo IFPA Campus Paragominas com o tema Inovação Social na Amazônia – Tecnologias e Sustentabilidade. Haverá palestras, rodas de conversas, oficinas, minicursos, projetos de pesquisa e extensão. Será no Campus do IFPA Paragominas.

CÂMARA

Os vereadores Tatiane Helena, Alice Almeida e David Sodré são signatários de um requerimento para alteração no Regimento Interno da Câmara de Vereadores para que seja realizada uma sessão noturna a cada 30 dias. Boa ideia! Assim, pessoas que trabalham ou estudam pela manhã teriam oportunidade de acompanhar uma sessão ordinária e saberem como funciona o legislativo paragominense.

MAS…

Um Projeto de Lei, assinado pela vereadora Tatiane Helena, apresentado na manhã desta terça-feira (26) dispõe sobre a concessão de incentivos fiscais e de estímulos econômicos para empreendimentos econômicos que venham a se estabelecer no município de Paragominas. Também excelente ideia. No entanto, deveria haver algum Projeto de Lei para dar condições aos empreendimentos que já estão estabelecidos na cidade há algum tempo, que não tiveram esses incentivos e que andam ‘trupicando’ financeiramente. Que vocês acham?

MOLHADO

Com todo o respeito deste colunista, o requerimento do vereador presidente Hésio Moreira sobre a limpeza dos terrenos baldios é chover no molhado. É só fazer valer a lei que era aplicada na administração Adnan em que os proprietários de terrenos baldios eram multados no IPTU por não cuidarem dos seus lotes.

PROCON

No primeiro semestre de 2020, o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/PA) deve pôr no ar um site para que os consumidores possam cadastrar seus números de telefone e assim evitar as ligações indesejadas de telemarketing. A informação foi anunciada na sexta-feira (22), pelo diretor do órgão, Nadilson Neves, e a ideia é se basear em um projeto que já deu certo em outros estados e semelhante ao portal nacional Não Me Perturbe. (Fonte: Agência Pará).

ELEIÇÃO

Claro que não podíamos deixar de falar de eleição. Já prestaram a atenção em alguns nomes que estão em todos os grupos de ‘zap’, de ‘Facebook’, de ‘instagram’, correndo contra o tempo para que seus objetivos sejam alcançados? O problema é que, dos novos, poucos tem ‘jeito pra coisa’, digo, para administrar qualquer quarteirão. Outros, mais experientes, estão deixando os novos queimarem seus cartuchos…apenas isso!

NO OLHO

O que poucas pessoas percebem é que não basta apenas trabalhar nas redes sociais e se esconder da massa popular. O ‘olho no olho’ funciona ainda e muito. Ficar de ‘medinho’ de ir visitar as famílias para que não tenham que dizer não quando alguém pedir alguma coisa não vai funcionar.

Jorge Quadros
Jornalista DRT 2138

 

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui