Autor: Igor Reis

    

torno 00531855 0  - Detenta faz tutorial sobre como retirar tornozeleira eletrônica
 | reprodução

Um juiz da Justiça Federal, em Curitiba, criticou nesta quinta-feira (8) a publicação de um vídeo publicado nas redes sociais da doleira Nelma Kodama, condenada na Operação Lava Jato, ensinando como retirar a tornozeleira eletrônica.

Nelma fez o tutorial disponibilizando-o em diversos meios de comunicação. No Instagram ela chegou a fazer uma live. Nelma tinha autorização da Justiça para retirar o dispositivo, mas não para publicar.

“Com a divulgação de vídeo retratando o rompimento do lacre da tornozeleira eletrônica, Nelma Mitsue Penasso Kodama presta um desserviço à sociedade brasileira”, afirmou o magistrado.

Segundo o documento, a atitude configura “inegável comportamento antiético e ofensivo à dignidade da Justiça”. O juiz intimou a defesa a se manifestar sobre o caso.

“Cabe lembrar que, embora extinta a sua pena privativa liberdade, a executada permanece vinculada aos termos do seu acordo de colaboração premiada, sendo imprescindível que mantenha conduta compatível com seu status de colaboradora”, disse.

DOL

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here