O Paysandu enfrentou o Paragominas na tarde deste domingo, no Estádio da Curuzu, em Belém, demonstrando grande desontrasamento ao logo dos 90 minutos. Mesmo assim, no primeiro tempo, o time do técnico Dado Cavalcanti consegiu sair na frente com gol de Walter, mas viu Lukinha colocar números finais à partida em uma cobrança de falta maestral, 1×1.

Na etapa complementar, quem foi à Curuzu viu um Paragominas mais perigoso e por pouco não saiu de Belém com a vitória. Faltando cinco minutos para o apito final, Otávio ficou cara a cara com Renan Rocha e mandou pra fora a melhor oportunidade da partida e os três pontos.

paysandu x paragominas   fernando torres 300x169 - Em partida equilibrada, Paysandu e Paragominas empatam em 1 a 1 na Curuzu
(Foto: Fernando Torres/Ascom Paysandu)

SEMIFINAL

Classificado à semifinal, o Paysandu terá pela frente o Bragantino em dois jogos. O primeiro acontece na próxima quarta-feira, dia 21, no Diogão, em Bragança. A volta será no sábado, dia 24, na Curuzu. A FPF ainda irá confirmar os horários das partidas.

LUKINHA

O camisa 10 do Paragominas foi o principal destaque da partida. Trabalhando de forma conciente e no espaço deixando entre a linha defensiva e do meio de campo do Paysandu, Lukinha foi o responsável pelo único gol do Jacaré na partida, além de ter criado várias oportunidades ofensivas para Fidélis, João Neto e Tony Love.

PÚBLICO E RENDA

Paysandu x Paragominas

Pagantes: 745
Sócio Bicolor: 1.622
Credenciados: 1.080
Total: .3447

Renda: R$30.295,00

SEGUNDO TEMPO

Na etapa complementar, o Papão continuou apresentando o desentrosamento e tendo dificuldade para criar jogadas ofensivas. Bom para o Jacaré, que com Lukinha, melhor jogador em campo, criou as melhores oportunidades, incluindo o inacreditável gol perdido pelo volante Otávio, aos 40 minutos do segundo tempo, que ficou cara a cara com Renan Rocha e mandou pra fora.

PRIMEIRO TEMPO

Logo nos primeiros minutos de jogo viu-se a dificuldade que o Paysandu apresentaria ao longo da partida devido às nove alterações realizadas pelo técnico Dado Cavalcanti. A falta de entrosamento ficou evidente com a pouca posse de bola e o número alto de erros de passes. Mesmo assim, com 16 minutos, Walter conseguiu abrir o placar na Curuzu. A resposta do Paragominas aconteceu dois minutos depois, em cobrança de falta de Lukinha, que empatou o placar.

EMPATE BOM PARA TODOS

O empate entre Paysandu em Paragominas acabou sendo bom para os dois clubes. Para o Papão, que consolidou a primeira posição do Grupo A1 e com isso fará o segundo jogo da semifinal do Parazão em Belém contra o Bragantino. Já para o Jacaré, o ponto somado fez com que o time chegasse aos 11 pontos e garantindo-se na elite do Parazão para 2019.

(GE)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui