De acordo com o Sindicato dos Profissionais do Magistério de Paragominas – SINPEMP, cerca de 80% das escolas municipais de Paragominas já aderiram à greve nacional deflagrada na manhã desta quarta (15/5). Professores, estudantes e trabalhadores do setor de todo o país se mobilizam contra a reforma da previdência e os cortes de verbas para a educação pelo governo federal .

WhatsApp Image 2019 05 15 at 09.17.19 1 300x225 - Escolas municipais aderem à greve contra cortes na educação e a reforma da previdência
Alunos participam do ato

Hoje pela manhã, diversos servidores da educação municipal estão reunidos na Praça Célio Miranda, com placas, cartazes e palavras de ordem. O presidente do SINPEMP esclareceu que apenas as escolas das zonas rurais ficaram fora da greve. O sociólogo Mauro Reis pronunciou-se dizendo, entre outras coisas, que este movimento “não está atrelado a partido político, é sim, um movimento legítimo da classe trabalhadora contra os desmandos do governo federal em relação à educação”.

WhatsApp Image 2019 05 15 at 09.17.19 300x225 - Escolas municipais aderem à greve contra cortes na educação e a reforma da previdência
Alunos prestando apoio aos profissionais da educação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here