Com a chegada do período chuvoso na Amazônia, crianças e idosos, são os mais afetados com mudança brusca de temperatura, que oscila entre períodos de sol e fortes chuvas. Com a queda da temperatura, as crianças e idosos tendem a ter problemas respiratórios.

O cirurgião e pediatra José Maria Miranda, que é membro da Associação Brasileira de Cirurgia Pediátrica, orienta que é necessário aos pais estarem atentos, prioritariamente ao calendário de vacinação das crianças, especialmente, as vacinas que previnem problemas respiratórios, como gripes (H1N1), por exemplo.

Ele explica, que é fundamental prevenir as infecções respiratórias, pois até a mais simples pode evoluir e se tornar uma bronco-pneumonia, ou mesmo fortes viroses. Nestes casos, ensina o médico, é importante que os pais cuidem da alimentação das crianças neste período, de forma mais atenta. Incluindo muito líquido e frutas cítricas, por exemplo.

A higiene física das crianças, também ajuda a prevenir doenças respiratórias, como ensina o pediatra. Nos casos em que as crianças brincam na rua, se expõem às chuvas, é necessário que ao chegar em casa, elas tomem banho e troquem logo de roupa, usando outras secas e confortáveis para evitar que a umidade de roupas molhadas causem problemas.

Outra recomendação importante do médico é quanto à higenização dos aparelhos de ar-refrigerado e os ventiladores utilizados nas residências e mais especificamente nos quartos infantis. Ele alerta para a necessidade de ser feita limpeza nos filtros do ar-refrigerado, regularmente e também a limpeza das palhetas dos ventiladores.

Nos dois casos, há um acúmulo de sujeira e de ácaro nos aparelhos, que podem causar muitos problemas respiratórios graves nas crianças.  Da mesma forma, ensina o médico, é preciso higienizar colchões, sofás e estofados em geral, que são ambientes propícios ao acúmulo de ácaros e fungos em geral, que são dois fatores que aceleram  as afeções respiratórias.

E em dias e momentos de fortes chuvas é preciso manter as janelas fechadas, mas passado o temporal é saudável abrir as janelas para a exposição ao sol do ambiente residencial, incluindo os quartos das crianças.

Em casos de sintomas de gripes, como febres, por exemplo, os pais devem procurar um unidade de saúde para a criança ser examninada por um pediatra.

 

POR DA REDAÇÃO – Fonte: Portal Roma News

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here