637x325 - Exportação de milho do Brasil tem máxima histórica em julho; soja recua

 

 

 

 

 

A exportação de milho do Brasil atingiu uma máxima histórica mensal em julho, de 6,317 milhões de toneladas, mostraram dados do governo nesta quinta-feira, com o país escoando uma enorme colheita, que deve permitir embarques recordes em 2019.

Segundo informações da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) compiladas pela Reuters, o recorde anterior havia sido registrado em dezembro de 2015, quando as exportações mensais do grãos somaram 6,268 milhões de toneladas.

Diante uma safra recorde de cerca de 100 milhões de toneladas, o segundo maior exportador do cereal, atrás apenas dos Estados Unidos, deverá exportar volumes recordes em 2019.

Na quarta-feira, a consultoria Datagro estimou as exportações do Brasil neste ano em 40 milhões de toneladas, ante 25 milhões em 2018.

Para agosto, as exportações de milho do país podem ser ainda maiores, considerando que a programação dos navios já aponta embarques de 5,5 milhões de toneladas, disse Frederico Humberg, presidente da comerciante de grãos AgriBrasil.

Para as exportações de milho atingirem 40 milhões de toneladas em 2019, os embarques entre agosto e dezembro teriam que atingir uma média de 5 milhões de toneladas, já que segundo os dados do governo os embarques no acumulado de janeiro a julho somaram 15,6 milhões de toneladas.

As exportações de milho tendem a ganhar força no segundo semestre, quando a exportação de soja, principal produto exportado pelo Brasil, normalmente perde força.

SOJA EM QUEDA

Os embarques de soja do país, maior exportador global da oleaginosa, somaram 7,8 milhões de toneladas em julho, ante mais de 10 milhões no mesmo mês do ano passado, com exportadores brasileiros lidando com uma safra menor, atingida pela seca, e também uma menor demanda da China, cujo consumo está reduzido devido ao impacto devastador da peste suína africana à maior criação de porcos do mundo.

No acumulado do ano até julho, as exportações brasileiras de soja somaram 52,3 milhões de toneladas, de acordo com números do governo, ante 56,5 milhões de toneladas em igual período do ano passado.

A consultoria Datagro estimou na quarta-feira a exportação de soja do Brasil em 71,7 milhões em 2018/19, ante recorde de 84,45 milhões em 2017/18.

Fonte: Portal do Agronegócio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here