Equipes da Força Nacional estão no estado desde terça, 19. Susipe diz que reforço na segurança se dá para operações nos presídios da Região Metropolitana de Belém.

forcanacional 300x169 - Força Nacional atua no Pará em operação nos presídiosO Ministério da Justiça autorizou a atuação da Força Nacional de Segurança Pública no Pará pelo prazo de 15 dias. A autorização está em portaria publicada nesta quinta-feira (21) no Diário Oficial da União. O pedido para envio dos militares foi feito pelo Governo do Estado do Pará.

A atuação da Força Nacional no Pará foi autorizada a partir do dia 18 de setembro. O texto detalha que a operação terá o apoio logístico dos órgãos de segurança pública do Pará, assim como permissão de acesso aos sistemas de informações e ocorrências da área da segurança pública.

As equipes da Força Nacional prestam apoio à segurança pública nos estados e Distrito Federal. É composta por policiais militares, policiais civis, bombeiros militares e peritos de todo o país.

Insegurança nos presídios

De acordo com a Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará (Susipe), desde de terça (19) integrantes da Força Nacional de Segurança Pública apoiam, especificamente, o trabalho da Polícia Militar do Estado no Complexo Penitenciário de Santa Izabel, por ocasião da instalação dos sistemas de bloqueadores de celular.

Os militares da FNSP estão atuando no controle do acesso a três unidades daquele Complexo: Polo Penitenciário de Americano, Colônia Industrial “Heleno Fragoso” e no CRPP III, de segurança máxima. No tempo em que estiverem em atuação, trabalharão em conjunto com a PM do Pará e todos os batalhões e companhias destacadas nas unidades penitenciárias de Santa Izabel.

No total, seis presídios dos Complexos Penitenciários de Marituba e Santa Izabel, municípios da Região Metropolitana de Belém, receberão os bloqueadores de sinal de celular.

A Susipe informou ainda que montou uma ação conjunta a ação conjunta irá monitorar 24 horas os 46 presídios do Estado durante a fase inicial de testes dos equipamentos.

Fugas

A Susipe divulgou na terça-feira (19) que 13 detentos participaram da fuga do Presídio Estadual Metropolitano I (PEM I), em Marituba, na madrugada de segunda-feira (18). Até um momento apenas um detento foi recapturado. Ele foi pego no momento que tentava fugir da unidade prisional.

Também nesta terça-feira dois agentes prisionais foram mantidos reféns por detentos no Centro de Recuperação Regional de Tucuruí (CRRT), sudeste do Pará. Segundo a Susipe, a rebelião começou por volta de 12h.

(G1 Pará)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here