A Petrobras anunciou novo reajuste de 1,12% no preço dos combustíveis nas refinarias. O aumento já está em vigor desde a última quinta-feira (13). O aumento, no entanto, ainda não surtiu impacto nos postos de combustíveis do Pará. No Estado, o preço da gasolina teve uma pequena queda nas últimas semanas e, apesar do anúncio da Petrobras, até sábado passado os preços se mantinham em queda.

Alguns municípios do interior continuam comercializando a gasolina mais cara do Estado. Segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos do Pará (Diesse-PA), no período de 2 a 8 de dezembro o preço médio do litro da gasolina em postos do interior era de R$ 4,573 com o menor preço sendo comercializado a R$ 4,100 e o maior a R$ 5,180. A pesquisa mostra que esses valores tiveram uma pequena queda em relação a semana anterior, quando o preço médio era de R$ 4,632.

a4 17 12 2018 07 46 32 - Gasolina ainda não foi reajustada

(Foto: Reprodução)

Altamira, Abaetetuba, Conceição do Araguaia, Parauapebas e Marabá são os municípios paraenses com o combustível mais caro do Estado, variando entre R$ 4,859 a R$ 5,056. Em Belém, muitos postos reduziram o valor da gasolina recentemente em cerca de 1%.

No entanto, com o anúncio da Petrobras, os donos de postos não descartam reajustar os preços nos próximos dias, por isso os consumidores que quiserem abastecer a um valor mais em conta devem abastecer o quanto antes.

SERVIÇO: PREÇO MÉDIO DA GASOLINA EM POSTOS DE BELÉM

Posto Bom Jesus (Shell) – R$ 4,19 Endereço: Pedro Álvares Cabral com a Tavares Bastos

Posto Chermont (BR) – R$ 3,39 Endereço: Duque de Caxias com a Dr. Freitas

Posto Triângulo (Ipiranga) – R$ 4,39 Endereço: João Paulo II, próximo a Curuzu

(Leidemar Oliveira/Diário do Pará)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here