Nesta sexta-feira, 4, a equipe do Hospital Regional Público do Leste (HRPL), em Paragominas, celebra três anos de funcionamento ininterrupto da unidade, que presta assistência de média e alta complexidade para a população de 23 municípios da região nordeste paraense. Ao longo desse período, foram geradas mais de 100 mil consultas ambulatoriais e exames especializados, mais de sete mil internações, mais de cinco mil cirurgias e mais de 2.300 atendimentos a pacientes na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), que possui 20 leitos. Isso tudo respaldado por 98% de satisfação dos usuários.

Ao contrário da realidade apontada por recente pesquisa do Conselho Federal de Medicina (CFM), publicada no dia 31 de julho, e que indica que 76% dos hospitais públicos não apresentam condições adequadas para atender casos de AVC (Acidente Vascular Cerebral), desde 2014, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), vem destinando investimentos para capacitação profissional da equipe multiprofissional do HRPL, com foco no atendimento de Urgência e Emergência para vítimas de AVC, mais conhecido como derrame.

Esses investimentos em estrutura hospitalar, capacitação dos profissionais e na disposição de medicação específica para tratamento da doença deve culminar, ainda neste ano, com a habilitação do hospital regional como Centro de Atendimento de Urgência e Emergência a pacientes com AVC, junto ao Ministério da Saúde, saindo na frente como único hospital público do estado com esse reconhecimento.

daf2209b 132a 4d92 a29a 866b5a22d70e 300x169 - Hospital de Paragominas é referência para atendimento em AVCGraças a este serviço especializado, que conta inclusive com as especialidades de neurologia e neurocirurgia, o jovem Jairo Rodrigues Araújo, 22, agradece a toda equipe por estar vivo e sem sequelas, depois de enfrentar um derrame, no dia 17 de julho, quando foi realizado o terceiro atendimento com protocolo de trombólise na rede estadual pública hospitalar do Pará.

De acordo com o médico intensivista da UTI do HRPL, Dr. Augusto Margon, essa terapia consegue reverter o quadro de derrame – que muitas vezes causa óbitos ou provoca sequelas irreversíveis – se o paciente chegar ao atendimento especializado em até quatro horas e meia a partir da suspeita do AVC, o que os especialistas chamam de “janela de tempo” necessária para promoção da terapia com trombolítico e reversão do quadro da doença, que é responsável por cerca de 100 mil óbitos por ano no Brasil, além de provocar elevadas taxas de incapacidade física.

Devido ao atendimento ágil e especializado, Jairo está se recuperando e o movimento do braço esquerdo já voltou. Ele e sua família agradecem o atendimento recebido, que fez a diferença entre a vida e a morte do paciente. Para o diretor executivo do HRPL, Júlio Garcia, apesar do pouco tempo de funcionamento do hospital, os usuários do HRPL têm muito a comemorar com os avanços na saúde pública da região.

Diferencial

A mais recente certificação do hospital foi o reconhecimento de Instituição do Ano – Saúde Pública, na edição do II Prêmio Líderes da Saúde Norte e Nordeste, promovido pelo Grupo Mídia. A cerimônia de premiação será realizada no dia 17 deste mês, durante a Feira HospitalMED, no Centro de Convenções de Pernambuco.

O reconhecimento celebra a execução de projeto de capacitação que transformou a realidade de profissionais e da saúde pública dos 23 municípios de abrangência do hospital, no nordeste paraense. O compromisso do hospital está além do bem estar e da saúde pública e vai ao encontro de práticas de sustentabilidade e preservação do meio ambiente, com o “Relatório de Emissão de GEE (Gases do Efeito Estufa)”, do Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano (INDSH), que administra hospitais públicos no Pará.

Isso garantiu ao HRPL a conquista do Selo Ouro, 2015 e 2016, pela divulgação de relatórios anuais de emissão de gases de efeito estufa. “A elaboração do inventário é o primeiro passo para que uma organização possa contribuir para o combate às mudanças climáticas”, ressaltou Júlio Garcia.

Na área de educação, o diretor do hospital também comemora o alcance da meta de quatro horas por mês de treinamento para cada colaborador. Externamente, ao longo de 12 meses, foram realizadas capacitações para mais de 330 profissionais de saúde dos 23 municípios que compõem a área de abrangência do HRPL.

“Agradecemos a parceria com o Governo do Estado, da Sespa, Prefeitura Municipal de Paragominas e demais localidades, além de nossos colaboradores pelo compromisso e empenho em sempre oferecer serviços de qualidade e humanizado. Todos nós estamos de parabéns, inclusive os usuários que são os principais beneficiados”, disse o gestor do HRPL.

Com 70 leitos, o HRPL dispõe de clínica médica e cirúrgica, nas especialidades de neurologia/neurocirurgia, traumatologia/ortopedia, cirurgia geral e suporte de anestesia, além de consultas ambulatoriais em cardiologia, clínica cirúrgica, clínica médica, neurologia/neurocirurgia, urologia, endocrinologia, ginecologia, mastologia traumatologia/ortopedia.

O HRPL é um hospital do Governo do Estado, administrado pelo Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano, em parceria com a Sespa.

Serviço:
O Hospital Regional do Leste fica na rua Adelaide Bernardes, s/n, no bairro Nova Conquista, em Paragominas. Mais informações pelos telefones (91) 3739-1046 / 3739-1253 / 3739-1102.

Agência Pará – Por Vera Rojastopo fb2 - Hospital de Paragominas é referência para atendimento em AVC

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here