– Informações e fotografia: Assessoria de Comunicação do HRPL

O Hospital Regional Público do Leste (HRPL), deu início ontem (02) à campanha de combate ao Acidente Vascular Cerebral (AVC), “Tempo é Cérebro”, que se estenderá durante todo o mês de outubro, na unidade.

O evento que reuniu diretores, colaboradores, usuários e convidados, foi aberto pelo diretor executivo do HRPL, Júlio Garcia, que apresentou dados dos atendimentos e avanços conquistados desde a implantação do serviço de AVC no hospital, em 2017. Explanaram tecnicamente sobre o tema, o diretor técnico do HRPL, Dr. Lucídio Paes, o diretor assistencial do HRPL, Clóvis Guse, e o médico neurocirurgião, Dr. Anderson Carvalho.

Em ação especial, o Hospital Regional Público do Leste, que é referência em tratamento de AVC, no Pará, realizará durante este mês de outubro, todas às quintas-feiras, a oficina “Protocolo do AVC”, voltada para os profissionais de saúde dos 23 municípios da área de abrangência, tendo como objetivo melhorar a assistência às vítimas de AVC, na região.

“É de extrema importância para os municípios por ser tratar de atendimento com muita resolutividade para o paciente. Nossas equipes, de regulação e de enfermagem, participarão da oficina pois quanto mais informações tivermos, melhor para os nossos pacientes”, afirma, Adonias Correa, superintendente da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), de Paragominas.
O Dia Mundial de Combate ao AVC é celebrado no dia 29 de outubro. A data serve para alertar a população em geral sobre os perigos da doença que é uma das principais causas de morte, incapacitação e internações em todo o mundo.

Segundo o Ministério da Saúde, em 85% dos casos, o AVC é isquêmico (quando há um entupimento de um vaso sanguíneo), gerado pela obstrução ou redução brusca do fluxo sanguíneo em uma artéria do cérebro – o que origina a falta de circulação vascular na região. Já o AVC hemorrágico ocorre em 15% dos casos, quando o sangramento aparece dentro ou ao redor do cérebro.

Entre os fatores de risco para os dois tipos de AVC estão, a hipertensão, colesterol alto, obesidade, diabetes tipo 2 e tabagismo, relacionados a hábitos não saudáveis, além de inflamações nos vasos sanguíneos e distúrbios de coagulação do sangue, como a hemofilia.
O neurocirurgião, Anderson Carvalho, que faz parte do corpo clínico do HRPL, explica que somente através de uma tomografia é possível identificar o tipo de AVC, e alerta para a importância de reconhecer os sintomas e procurar atendimento médico o mais rápido possível, pois quanto mais cedo o paciente é socorrido, maior a chance de sobrevida ou reabilitação total.
“O AVC infelizmente é uma doença devastadora, mas existe a possibilidade do paciente sair sem sequelas, principalmente no AVC isquêmico, aquele que a gente consegue atender no tempo adequado para fazer a trombólise, ou seja, o tempo que uma vítima de AVC leva para receber o atendimento médico é decisivo”, ressalta o especialista.

O quadro clínico de um paciente de AVC hemorrágico ou AVC isquêmico pode ser muito semelhante: dificuldade de fala, paralisia de membro, tontura, dor de cabeça intensa. No HRPL existe suporte técnico, com equipe clínica e cirúrgica para atender nos dois casos.

De acordo com o diretor Executivo do HRPL, Júlio Garcia, eventos como o do lançamento da campanha do AVC, combinado com as capacitações que serão realizadas no HRPL, reforçam nosso compromisso não apenas em promover saúde com qualidade, segurança, ética e humanização, “mas também, em expandir o conhecimento dos profissionais de saúde e usuários dos municípios da área de abrangência, possibilitando aumento das medidas preventivas, a detecção e o acesso do paciente com AVC em tempo hábil de realizar a trombólise no hospital. O AVC é a doença com maior índice de óbitos no Brasil e não podemos negligenciá-la”, finaliza.

Mais sobre o HRPL – O Hospital Regional Público do Leste, localizado em Paragominas, é um órgão do Governo do Estado do Pará que presta assistência de média e alta complexidade para uma população de aproximadamente 800 mil habitantes de 23 municípios do

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here