Cristino Martins / Agência Pará82518 265744 - Imetropará intensifica fiscalização de tacógrafos em veículos

O Instituto de Metrologia do Estado do Pará (Imetropará) vai realizar operação de blitz em cronotacógrafos, nos principais pontos de saída e entrada de Belém. A operação será feita em conjunto com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) e Polícia Rodoviária Federal (PRF).

A operação tem como objetivo identificar, no caso dos cronotacógrafos, popularmente conhecidos como tacógrafos, se os instrumentos estão de acordo com a legislação vigente e se há irregularidades, como ausência de lacre e certificado de verificação emitido pelo Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro), que é válido pelo período de dois anos.

Obrigatório em todos os veículos de transporte com peso bruto acima de 4.536 kg ou com capacidade para mais de dez passageiros, o cronotacógrafo é fundamental para a segurança nas estradas, sendo considerado a “caixa preta” de caminhões, ônibus, vans escolares e de transporte remunerado de pessoas.

Para o presidente do Imetropará, Jorge Rezende, “a intensificação dessas fiscalizações nas rodovias paraenses tem o intuito de prevenir acidentes, pois o tacógrafo representa a caixa-preta desses veículos. Principalmente nesse período, quando aumenta muito o fluxo de veículos nas estradas”. Além de registrar informações do percurso, como respeito aos limites de velocidade e distância percorrida, o tacógrafo também registra o tempo de condução e descanso do motorista.

A partir da autuação, os responsáveis pelos veículos têm o prazo de até 10 dias úteis para apresentar defesa junto ao Instituto de Pesos e Medidas (Ipem). De acordo com a lei federal 9.933/99, as multas podem chegar a R$ 1,5 milhão, dobrando em caso de reincidência.

Em caso de dúvida ou para fazer alguma denúncia, o consumidor deverá entrar em contato com a Ouvidoria do Imetropará, por meio do telefone 0800 280 1919, de segunda a sexta, de 8h às 14h, ou através do e-mail ouvidoria@imetropara.pa.gov.br.

(ORM)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui