Senador paraense é acusado de integrar organização criminosa do PMDB

Foto: Divulgação/Arquivo1378ktyzG - Janot denuncia Jader ao STF

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denunciou ao Supremo Tribunal Federal (STF) sete membros do PMDB por integrarem organização criminosa que desviou recursos públicos e obteve vantagens indevidas, sobretudo no âmbito da administração pública e do Senado Federal. O senador Jader Barbalho (PMDB-PA) é acusado, juntamente com outros peemedebistas – Edison Lobão, Renan Calheiros, José Sarney, Sérgio Machado, Romero Jucá e Valdir Raupp -, de receber propina de R$ 864 milhões e gerar prejuízo de R$ 5,5 bilhões aos cofres da Petrobras e de R$ 113 milhões aos da Transpetro. Esta é a 34ª denúncia oferecida pela PGR no âmbito da Operação Lava Jato no STF. As informações são da Procuradoria-Geral da República. A denúncia foi noticiada pela própria emissora de televisão de Jader Barbalho, a RBA, filiada à Band.

(O Liberal)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here