Com um estilo combativo e considerado uma das joias do judô do Pará no momento, o atleta Carlos Henrique Cardoso Moraes, 17, corre contra o tempo  para participar das badaladas Taça Brasil e Copa Minas, respectivamente nos dias 13 e 19 desse mês no Minas Tênis Clube em Belo Horizonte, onde está agendando treinamento de campo no período de 13 a 16 também de maio.

Seus pais, Carlos Moraes e Lidiane, buscam patrocínio para complementar os gastos de viagem – por enquanto só estão garantidas as passagens de ida e volta. Faltam recursos – pelo menos mais R$ 900 –  para hospedagem e alimentação.

Com apenas uma renda, oriunda de serviços de refrigeração de seu Carlos, a  família faz campanha em redes sociais e agenda pedágios em semáforos para recolhimento de doações ao atleta, bicampeão internacional e do Campeonato Brasileiro  Regional 1, além de ser oito vezes campeão paraense.

Em Minas, Carlos Henrique, que tem uma série de indicações e medalhas,  disputará a categoria sub-21 na Taça Brasil e sênior na Copa Minas.

As competições são consideradas parte de um sonho maior, que é um dia vestir a camisa da seleção brasileira, espelhando-se em ídolos como Flávio Canto e Rafaela Silva, seguindo orientações do sensei Emanuel Mendes. “Quero disputar Olimpíadas defendendo o meu país”, diz ele, cheio de confiança.

Na terça-feira (14), os pais têm reunião na Assembleia Legislativa (Alepa) com a  deputada Renilce Nicodemos (Solidariedade), ex-secretária de Esporte e Lazer do Estado, para tentar  conseguir o complemento financeiro.

Quem quiser contribuir pode entrar em contato pelos telefones 98279-9613, 98056-5495, 99963-3769 e 99821-5821 (os dois últimos também Whatsapp).

Portal Roma News

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui