Um homem acusado de assassinar pelo menos três policiais paraenses foi preso na manhã desta terça-feira, 28, durante uma operação realizada em Luziânia, no estado de Goiás. Manoel Barbosa dos Santos Junior, conhecido como “Junior Doido”, é membro da facção criminosa Comando Vermelho, atuando no interior do Pará.

Junior é membro do Comando Vermelho, ocupando os cargos de “torre idealizador de missões”, “torre” de Limoeiro, e “disciplina final” do Guamá. Ele é envolvido na morte de pelo menos três policiais militares do Pará: o pm da reserva Valdomiro de Oliveira Barros, conhecido como “Canana”, em março de 2018; o cabo Ivaldo Joaquim Nunes da Silva, em abril do ano passado; e o sargento Ananias Portal Franco, também em abril de 2018.

Junior estava em uma casa quando os policiais o encontraram para cumprir o mandado de prisão. Com ele, foram apreendidas uma pequena quantidade de maconha e documentos falsos, em nome de Gabriel Lucas Braga Chaves.

Além de Junior, também estava na residência Edicarlos da Silva Melo, que também portava documento falso, em nome de José Fernando matos dos Santos. Ambos foram apresentados na delegacia do município.

Ele segue preso, aguardando decisão da Justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui