A documentação pessoal é um direito do cidadão. Mesmo assim, em Paragominas, faziam quase 3 anos que não se emitiam carteiras de trabalho pelo órgão oficial, dificultando a muitas pessoas o ingresso no mercado de trabalho formal. Ou seja, o que já não é fácil, ficava ainda mais complicado. Muitas eram as queixas da população e muitas eram também as tentativas de agentes políticos locais para solucionar a questão. Porém, nenhuma investida encontrava êxito, uma vez que a esfera responsável para a emissão do documento é a federal. Vereadores chegaram a organizar caravanas para que paragominenses pudessem obter o documento em outros municípios. Contudo, a medida não era sustentável.

Já no último abril, uma parceria firmada entre a Câmara Municipal e a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos – SEJUDH conseguiu contornar o problema. A priori, com uma ação promovida na própria casa legislativa, onde foram atendidas 200 pessoas com a emissão de carteira de trabalho e outras 200 com RG gratuito para qualquer via. Posteriormente, com a inauguração de um núcleo da secretaria que, atualmente, realiza a emissão diária de 25 unidades de cada um dos documentos.

Contudo, muitos dos cidadãos que participaram da primeira ação na câmara, até hoje não foram buscar o documento que chegou há quase 2 meses, o que causa estranhamento, uma vez que, nas redes sociais, a não emissão era um assunto recorrente e por isso os agentes políticos eram sempre alvos de críticas pela população.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here