Autor: Com informações MCeará
    

CRIME 00534515 0  - Pai é morto ao confiscar celular do filho viciado em jogo
Segundo colegas da polícia, o pai já havia comentado que o acusado estava viciado e por isso iria tirar o jogo do filho | (Divulgação)

Um jovem de 21 anos é acusado de assassinar e desmembrar o corpo do próprio pai após um conflito pelo jogo de celular “PlayerUnknown’s Battlegrounds” (PUBG), em Karnataka, na Índia.

 Segundo o portal The News Minute, na noite da última segunda-feira (9), o estudante universitário identificado como, Raghuveer Kammaar pediu ao pai, Shankrappa Kammaar, dinheiro para recarregar a internet móvel do seu celular a fim de jogar mais PUBG, mas o homem recusou e confiscou o aparelho.

De acordo com a polícia local, o suspeito foi denunciado pelos familiares, que afirmaram que o rapaz decapitou e cortou as pernas do pai e depois fugiu com o celular.

O  inspetor da polícia informou que Shankrappa estava trabalhando no departamento de polícia. Ele tentava tirar o filho do PUBG há meses. A vítima chegou a comentar com os colegas que seu filho era viciado no jogo. Nos últimos meses, ele também aconselhou Raghuveer a parar de jogar, mas o garoto não ouviu. Raghuveer largou a faculdade e estava desempregado.

Para as autoridades, o acusado esperou todo mundo dormir, para assim cortar a garganta do pai e esquartejá-lo em seguida. Ele então pegou o telefone e fugiu de casa.

Raghuveer foi preso na tarde de terça-feira, em depoimento confessou o crime e foi indiciado por assassinato.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui