Preocupado com a demora da filha em chegar em casa, o pai de uma jovem de 25 anos usou um aplicativo de rastreio para encontrá-la. Foi então que descobriu que ela estava sendo vítima de um estupro dentro do veículo e pelo próprio motorista.

O caso aconteceu na noite do último sábado (8) em Baltimore, nos Estados Unidos. O pai da jovem, cujo nome não foi revelado, rastreou o celular da filha por volta de 23h30. Ele estava preocupado porque ela demorava a chegar em casa.

Ao chegar no local do rastreio, o homem flagrou o motorista do aplicativo sobre a vítima no banco traseiro do carro. Ele a retirou de lá, mas o motorista rapidamente voltou para a direção e fugiu.

Em resposta ao caso, a Uber anunciou que a corrida foi reportada pelo pai da vítima como “aterrorizante” e que o motorista já foi removido do banco de dados. “Nós o retiramos do aplicativo assim que a denúncia foi feita. Estamos colaborando com a polícia nas investigações”, informou a empresa.

A polícia investiga como um caso de estupro. O pai da vítima não informou qual foi o aplicativo utilizado para rastrear a localização da filha.

Dol (Com informações do portal Mirror)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here