Google Apps Logo 300x170 - Plataforma de internet facilitará aprendizagem nas escolasA Secretaria de Estado de Educação (Seduc) começa a implantar um pacote de serviços e ferramentas de comunicação pela internet, que facilitará a comunicação entre alunos e professores, técnicos e gestores, ampliando as possibilidades de aprendizagem dos alunos da rede estadual de ensino.

Na manhã desta quarta-feira (4), a partir das 10h30, a Coordenação de Tecnologia Aplicada à Educação (Ctae), vinculada à Secretaria Adjunta de Ensino (Saen) da Seduc, reúne representantes dos Núcleos de Tecnologia da Educação (NTE) de Belém, Ananindeua e Benevides, em evento que será transmitido por videoconferência para os NTEs de Castanhal, Bragança, Marabá, Tucuruí, Redenção, Santarém, Altamira e Abaeteituba. Trata-se de uma reunião de formação ministrada pela Interceleri, empresa que venceu a licitação para implantar os serviços.

A iniciativa é financiada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e faz parte do Programa de Melhoria da Qualidade e Expansão da Cobertura da Educação Básica no Estado do Pará, que a Seduc está implantando e que dá materialidade ao Pacto pela Educação.

Facilitando o ensino

Chamado comercialmente de Google Apps for Education, trata-se de um serviço do Google que oferece versões customizadas (exclusivas) para uso da Seduc, de vários produtos dessa marca para a internet. A plataforma possui aplicativos com funcionalidades semelhantes aos que o Google disponibiliza ao mercado.

Com esses serviços – que oferecerão facilidades de comunicação no meio da comunidade escolar – professores, estudantes, gestores e diretores terão acesso a um pacote de ferramentas como o Gmail, Google Drive, Google Docs, G Suíte, Google Maps, You Tube, Hangout.

Como meio facilitador de ensino, destaca-se o Google Class Room (Sala de Aula) – uma versátil ferramenta que, entre outras utilidades, pode ser usada para aplicação de exercícios e simulados online. Os alunos terão acesso à plataforma G Suite, que oferece interatividade. As atividades poderão utilizar editores de texto, planilhas, apresentações e até e-mails.

Mais agilidade de comunicação

“A plataforma proporcionará mais agilidade na comunicação entre os diferentes grupos da escola, garantindo que as informações cheguem com segurança e rapidez aos seus destinatários. Além disso, contribuirá para se formar uma equipe pedagógica habilitada a usar novas ferramentas educacionais, de modo que o processo ensino-aprendizagem aconteça de forma mais atrativa e eficiente”, destacou a coordenadora da Ctae, Denise Mesquita.

O acesso à plataforma digital será gratuito para os professores, estudantes, diretores de escola, gestores e técnicos da Seduc, e estará disponível em desktops, celulares, tablets e notebooks. Na primeira etapa serão criadas até 800 mil contas nessa plataforma.

A reunião desta quarta-feira, na sede da Seduc, será o ponto de partida para a criação de grupos de facilitadores da implantação da plhataforma na comunidade escolar. Será a primeira etapa da capacitação de professores e técnicos que atuarão como orientadores nas 12 regiões administrativas da Seduc.

Por Nélio Palheta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here