Por William Serique (GABGOV)
5430 formaturadosalunosproerd fotomarcosantos 42 - Proerd realiza formatura de 1443 alunos de escolas públicas e privadas
O governador do Estado, Helder Barbalho, juntamente com o comandante geral da polícia militar, Coronel Dilson Júnior e a primeira dama do Estado, Daniela Barbalho, participaram do ato solene, que ocorreu na Arena Guilherme Paraense, o “Mangueirinho”.Foto: Marco Santos / Ag. Pará“

Luz, câmera, ação, drogas não!” Foi com esse grito de guerra e com essa certeza que 1443 alunos que participaram do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), se formaram no final da manhã desta quinta-feira (12). O governador do Estado, Helder Barbalho, juntamente com o comandante geral da polícia militar, Coronel Dilson Júnior e a primeira dama do Estado, Daniela Barbalho, participaram do ato solene, que ocorreu na Arena Guilherme Paraense, o “Mangueirinho”.

O curso foi realizado no primeiro semestre deste ano, por alunos do 5º ao 7° ano do ensino fundamental. O Proerd é uma ação integrada com base na tríade Polícia Militar, Escola e Família, que visa transmitir aos estudantes habilidades para a tomada de boas decisões, livre do uso de drogas, da violência e de outros comportamentos perigosos.

No evento, além das autoridades do Estado, estiveram presentes os pais e responsáveis dos formandos. Houve entrega de certificados para os alunos que mais se destacaram em sala de aula e para a melhor redação sobre as atividades do Proerd. Ao todo, alunos de 12 escolas municipais, estaduais e particulares da área do 10º batalhão, em Icoaraci, participaram desta 7ª formatura do Programa.

5430 formaturadosalunosproerd fotomarcosantos 3 - Proerd realiza formatura de 1443 alunos de escolas públicas e privadas
O curso foi realizado no primeiro semestre deste ano, por alunos do 5º ao 7° ano do ensino fundamental.Foto: Marco Santos / Ag. Pará

A estudante do 5º ano da Escola Estadual de Ensino Fundamental Dr. Rodolfo Tourinho, Alice Stephany, de 10 anos, destacou como o Projeto ajudou no ensinamento, que servirá tanto no campo escolar como para sua vida. “O Proerd me ensinou várias coisas sobre o bullying, sobre os sinais de tensão, sobre as drogas e eu também aprendi que as drogas fazem mal para o fígado, pulmão e ainda deixam o cérebro lento. Eu gosto muito do Proerd porque ele nos da educação e quando eu crescer quero ter um futuro melhor e repassar tudo o que eu aprendi para outras pessoas”, detalhou.

“Para mim é um motivo de muita emoção, eu me orgulhei muito da minha filha. Eu acho um projeto muito importante e que incentiva as crianças a seguir no caminho certo e não no errado, hoje nós vivemos em um mundo de muita violência e que ensina muitas coisas erradas. Além disso, o projeto Proerd é realmente muito importante pra ajudar na convivência dentro de casa, a minha filha melhorou muito, ela já era interessada e ficou bem mais; se preocupa com o próximo, ajuda dentro de casa… Eles ensinam só coisas boas e a gente consegue ver o resultado”, ressaltou Ester Pereira, empregada doméstica, mãe da jovem Alice.

5430 formaturadosalunosproerd fotomarcosantos 6 - Proerd realiza formatura de 1443 alunos de escolas públicas e privadas
Alice Stephany, ao lado do pai e da mãe, Ester e André Pereira.Foto: Marco Santos / Ag. ParáExpansão –

No Pará, o Proerd começou suas atividades em 2003, tendo como municípios pioneiros Barcarena e Augusto Corrêa, na região nordeste; e Conceição do Araguaia, no sul do Estado. Desde então, já formou mais de 400 mil crianças e adolescentes, na capital e no interior.

Durante discurso, o governador Helder Barbalho falou da importância em expandir o programa para todo o Pará. “Nós desejamos ampliar, já estamos em vários municípios, mas particularmente nós queremos chegar em todos os batalhões de polícia, com cada Batalhão podendo selecionar cinco colaboradores que estarão nas suas folgas remuneradas fazendo esses trabalhos nas escolas. A ideia é proliferar para atingir o maior número possível de crianças e jovens paraenses. A Polícia Militar tem um papel fundamental para proteger a sociedade, mas é fundamental também para colaborar conosco nos valores e formações da nossa sociedade”, frisou Helder Barbalho.

5430 formaturadosalunosproerd fotomarcosantos 49 - Proerd realiza formatura de 1443 alunos de escolas públicas e privadas
Instrutor do projeto, o soldado Heriton lembra que o principal objetivo do projeto é não deixar as crianças entrarem no mundo do crime.Foto: Marco Santos / Ag. Pará

Os policias são escolhidos pelas unidades e comandos regionais, e participam de um período de formação de 15 dias, inclusive, está sendo realizado um curso de capacitação para as unidades do sul e sudeste do Pará, que começou dia 9 e vai até o dia 20 deste mês. Esses policias, que estão nessa preparação, serão capacitados para atuarem junto às crianças nas instituições do Proerd.

“A nossa equipe ficou bastante feliz, pois foi muito trabalhoso trazer as crianças para cá, crianças carentes e que precisam do conhecimento para não entrar no mundo das drogas Chegar aqui e ver essa animação, ver toda essa estrutura, é muito gratificante. A gente que trabalha todo dia com o intuito principal de não deixar essas crianças entrarem no mundo da criminalidade, e também mostrar para a população que a Polícia Militar não é apenas repressão, e sim prevenção”, pontuou o instrutor do projeto, o soldado Heriton.

O senador da república, Zequinha Marinho, que também esteve na cerimônia, aclamou o programa e o apoio que o governo do Estado dá ao Projeto. “O Proerd atua em uma linha em que todo mundo deveria se preocupar, que é na prevenção. Depois que a pessoa se envolve é muito mais caro, muito mais difícil e mais complicado tirá-la do crime ou do uso das drogas. Fico muito feliz que a nossa Polícia Militar não se preocupa só com a repressão ou só com o combate direto, mas enxerga de forma mais ampla e atuar na faixa etário onde o cidadão começa a formar princípios, valores e se firmar como ser humano, aprendendo o que é certo e errado”, elogiou.

5430 formaturadosalunosproerd fotomarcosantos 33 - Proerd realiza formatura de 1443 alunos de escolas públicas e privadas
Para a primeira dama do Estado, Daniela Barbalho, ser madrinha do projeto é, acima de tudo, uma oportunidade maravilhosa.Foto: Marco Santos / Ag. Pará

Condecoração – A primeira dama do Estado, Daniela Barbalho, foi condecorada como madrinha do projeto, durante a cerimônia. Emocionada, Daniela não escondeu a felicidade em receber o título.

“Eu amo trabalhar com crianças e a gente, através de um programa feito pela valorosa polícia militar, pode combater a droga, que é o que mais tem tirado nossas crianças e nossos adolescentes da escola e fazer com que a família esteja unida. Ser madrinha desse Projeto é uma oportunidade maravilhosa e o sentimento de gratidão é todo meu. É muito bonito ver esses homens e mulheres guerreiras disponibilizarem seu tempo, além do dia a dia do trabalho, para fazer o bem. Vou me doar diuturnamente para que possamos fazer com que todos os batalhões abracem o Proerd e que consigamos levar o Projeto para todo o estado do Pará”, afirmou a primeira dama.

5430 formaturadosalunosproerd fotomarcosantos 46 - Proerd realiza formatura de 1443 alunos de escolas públicas e privadas
Dilson Júnior destacou a importância em ter a primeira dama como madrinha do programa.Foto: Marco Santos / Ag. Pará

Para o Coronel Dílson Junior, comandante geral da Polícia Militar do Estado do Pará, o momento é de alegria, já que a formação ajuda no combate e erradicação do uso das drogas e da violência, além de formar e preparar cidadãos para dizer não ao mundo das drogas. Dilson Júnior falou também da importância em ter a primeira dama como madrinha do programa.

“Nós condecoramos a primeira dama, homenageando e colocando-a como a madrinha do programa pois nós acreditamos que com a parceria e apoio dela, vamos ter condições de formar cada vez mais crianças e efetivar a política de prevenção primária ao crime que é um dos objetivos estratégicos da PM não só combater, mas também prevenir através da qualificação e da formação dessas crianças para que entendam os malefícios das drogas em seu organismo e para a vida”, finalizou.

Fonte: Agência Pará

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here