Boletim médico foi publicado após encerramento do prazo de 30 dias estabelecido pela Justiça para o tratamento

O médium João de Deus continuará no Instituto de Neurologia de Goiânia para tratar de uma pneumonia. A informação foi confirmada por nota publicada pelo hospital na tarde desta sexta-feira (19), no final do prazo de 30 dias estabelecido pela Justiça para o tratamento do réu.

No boletim, os médicos Alberto Las Casas Júnior e Leo de Sousa Machado afirmam que João de Deus “encontra-se internado, ainda sem previsão de alta hospitalar. Está em tratamento de pneumonia com a previsão de usar antibiótico venoso por mais cinco dias”. Ainda de acordo com a nota, o pedido de internação será encaminhado na próxima semana em virtude do feriado.

O Instituto de Neurologia afirmou também que, em respeito ao sigilo médico, não serão repassadas novas informações sobre o quadro clínico de João de Deus. As visitas ao médium, inclusive de advogados, continuam seguindo as normas do Núcleo de Custódia.

Cuidados médicos

A decisão de encaminhar o réu para a internação hospitalar partiu do ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Nefi Cordeiro, no dia 21 de março. O documento determinou o prazo de quatro semanas, bem como a necessidade de escolta policial ou o uso de tornozeleira eletrônica durante o período de internação.

A determinação do STJ foi uma resposta a um pedido da defesa de João de Deus. Na época, a alegação era de que ele tinha um aneurisma na aorta abdominal e que a unidade prisional não tinha condições de acompanhar todos os detentos.

Com informações do portal Mais Goiás.

Fonte: Portal Roma News

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here